Sustentabilidade

Os aviões têm de ser lavados e este robot torna o processo mais ecológico

Robots de limpeza permitem evitar desperdício de água no processo de lavagem do exterior dos aviões
Texto

Quando pensamos na aviação, dificilmente associamos a um segmento sustentável da mobilidade. Os aviões são extremamente poluentes e apesar de se estarem a testar novos combustíveis mais sustentáveis, ainda não se conseguiu descobrir qual a melhor maneira de fazer a transição na aviação.

O problema é que não é apenas quando os aviões estão a trabalhar que há um grande impacto ambiental. O processo de limpeza do exterior do avião – que deve ser feito de 60 em 60 dias ou 90 em 90 dias – é responsável desperdício de vários litros de água.

Normalmente, a lavagem manual de apenas um avião implica um gasto de água que varia entre 9500 e 11.300 litros.

Para que a lavagem exterior das aeronaves se tornasse mais sustentável, a Aviator Robotic AB criou o Nordic Dino, um robot que garante a limpeza do avião utilizando menos água.

Este robot, que pode ser equipado com um motor elétrico reduzindo, assim, as emissões de CO2, permite uma poupança de água de mais de 30% face ao processo normal. Para além disso, a utilização do robot permite que se reduza o uso de químicos necessários.

Por automatizar o processo de limpeza, o Nordic Dino garante que a lavagem da aeronave é feita de forma célere, o que diminui o tempo em que o avião tem de estar em terra.

Atualmente ainda há muitas companhias aéreas a optar pelo processo manual de lavagem de aeronaves. Ainda assim, é interessante ver que a sustentabilidade ganha foco em várias vertentes do setor e que surgem cada vez mais soluções ambientalmente interessantes.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
E-bikes Veloretti: design moderno e 120km de autonomia
Algas em vez de plástico? Empresa cria embalagens sustentáveis com algas
Radares da PSP. Vê onde vão estar na semana de 4 a 10 de dezembro