Sustentabilidade

Audi quer reduzir drasticamente o consumo de água na produção automóvel

Construtor aderiu à Alliance for Water Stewardship como forma de reforçar o seu compromisso para uma utilização económica e eficiente da água
Texto
Fábrica Audi no México (foto: divulgação)
Fábrica Audi no México (foto: divulgação)

A Audi quer deixar de utilizar água potável no processo de fabrico de automóveis e, até que tal aconteça, quer manter o consumo de água nas suas unidades tão baixo quanto possível.

Consciente de que a água potável é um dos recursos mais valiosos do planeta, o construtor alemão tem como objetivo, até 2035, reduzir para cerca de metade o consumo relativo por veículo produzido nas suas cinco fábricas, de 3,75 para aproximadamente 1,75 metros cúbicos.

No sentido de reforçar o seu compromisso para uma utilização económica e eficiente da água, a Audi aderiu recentemente à Alliance for Water Stewardship (AWS), uma coligação global de empresas privadas, organizações não governamentais e organismos do setor público que se dedica à gestão da água em toda a cadeia de valor.

Fábrica Audi no México - AWAY
Fábrica Audi no México (foto: divulgação)

A fábrica da Audi em San José Chiapa, no México, será a primeira unidade da marca a ser auditada pela AWS, com vista à obtenção da certificação AWS Standard ainda em 2023, o que permitirá atestar que a água é utilizada de forma eficiente e que tal se traduz numa melhoria de aspetos sociais, ecológicos e económicos locais.

Para além da fábrica no México, a Audi conta com mais quatro unidades de produção – Neckarsulm e Ingolstadt (Alemanha), Bruxelas (Bélgica) e Györ (Hungria).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Preço dos combustíveis na próxima semana de 4 a 10 de março
Já podes carregar o teu cartão de transporte Navegante com o smartphone
Nem Maldivas, nem Bali. Praia portuguesa considerada a melhor do mundo