Sustentabilidade

Edifícios do Banco BPI no Porto recebem certificação ambiental

Imóveis da Boavista e Saudade com Sistema de Gestão Ambiental reconhecido pela Bureau Veritas
Texto
Edifício BPI Saudade, Porto (foto: divulgação)
Edifício BPI Saudade, Porto (foto: divulgação)

O Sistema de Gestão Ambiental (SGA) dos dois edifícios do Banco BPI no Porto – Boavista (sede) e Saudade – acaba de receber a certificação da Bureau Veritas, o que comprova a implementação e conformidade do sistema com a Norma Internacional ISO 14001:2015.

Em comunicado, o BPI realça que os novos certificados atribuídos aos edifícios no Porto, a par da revalidação da certificação atribuída em 2021 ao SGA do edifício da Casal Ribeiro, em Lisboa, vêm reconhecer o compromisso assumido pelo banco com a melhoria contínua do desempenho ambiental.

BPI Boavista - AWAY
Edifício BPI Boavista, Porto (foto: divulgação)

No âmbito da sua estratégia de sustentabilidade, o Banco BPI tem vindo a implementar e a monitorizar, desde 2018, planos de ação ao nível da eficiência energética, da mobilidade sustentável, da neutralidade carbónica, da definição de critérios ambientais para a sua cadeia de fornecimento.

A instituição portuguesa detida pelo CaixaBank tem ainda procurado desenvolver produtos e serviços mais sustentáveis. Exemplo disso mesmo são os cartões bancários produzidos em PVC reciclado, cujo objetivo é reduzir a pegada de carbono da produção de cartões e promover a economia circular.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Este tubarão nada no Tamisa mas só come lixo
Autocarros elétricos em Barcelona carregam por indução em 5 minutos
Radares da PSP para esta semana 27 de março a 2 de abril