Smartcity

Seixal investe em 40 pontos de carregamento para automóveis elétricos

Autarquia vai ampliar a rede para um total de 15 estações de carregamento. Medida faz parte do projeto Seixal On
Texto
Seixal expande pontos de carregamento
Seixal expande pontos de carregamento

O concelho do Seixal vai disponibilizar seis novas estações de carregamento para automóveis elétricos, que assim se juntam às nove já ativas no município. Desta forma passam a estar disponíveis no concelho um total de 40 pontos de carregamento.

A instalar em três locais – Aldeia de Paio Pires (Rua Virgínia de Moura), Arrentela (Avenida Movimento das Forças Armadas) e Corroios (Avenida 25 Abril) – cada uma das novas estações é composta por dois pontos de carregamento, pelo que no conjunto vão permitir a utilização simultânea de 12 veículos.

Carregamento elétrico - AWAY
Carregamento elétrico

As seis novas estações vão juntar-se às nove já em funcionamento nos seguintes locais: Amora (Largo Manuel António da Costa e Rua Tomás de Almeida); Arrentela (Avenida General Humberto Delgado); Corroios (Avenida Vieira da Silva); e Seixal (Rua Santa Teresinha, Praça 1.º de Maio, Rua Dr. Aristides Mendes, Rua Pinho Leal e Avenida Professor Dr. Carlos Ribeiro).

Com o alargamento do número de pontos de carregamento, o município do Seixal pretende promover a mobilidade elétrica e o surgimento de novos utilizadores de veículos elétricos.

A aposta insere-se no projeto Seixal On, lançado em 2020. Esta plataforma apresenta-se como um compromisso com a sustentabilidade do concelho e com o ambiente, a mobilidade, a energia, a descarbonização e as alterações climáticas. O seu principal objetivo é a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos num município sustentável.

Questionada pela AWAY, a Câmara Municipal do Seixal não adiantou quando estarão em funcionamento as seis novas estações de carregamento para veículos elétricos.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aquecimento global pode afetar 3,6 mil milhões de pessoas
O futuro da mobilidade elétrica pode ser um bilugar bem radical
7 dicas para combater a humidade e bolor em casa