Smartcity

Táxis em Madrid podem transformar-se em breve em aeronaves eVTOL

Madrid está a criar uma comissão para mobilidade urbana aérea para controlar o desenvolvimento de táxis aéreos na cidade
Texto
Mobilidade aérea urbana (Imagem: vectorjuice/Freepik)
Mobilidade aérea urbana (Imagem: vectorjuice/Freepik)

As aeronaves com descolagem e aterragem na vertical (VTOL) surgem cada vez mais como uma opção de mobilidade prestes a tornar-se comum. Apesar de haver já várias opções de VTOLs a serem criados e testados, poucas são as cidades com legislação que permita a sua circulação. Madrid quer ser das primeiras cidades a mudar isso.

A Câmara da capital espanhola está a criar uma comissão para mobilidade aérea urbana, composta por parceiros privados e públicos, para supervisionar o desenvolvimento da tecnologia de VTOL na cidade.

A comissão irá trabalhar com o governo nacional de forma a que se crie um regulamento para a mobilidade urbana aérea e para drones que possa aplicar-se não apenas a Madrid, como também a outras cidades.

Madrid, Espanha - AWAY
Madrid, Espanha (Foto: Q. Olivar/Unsplash)

Este trabalho feito a nível municipal é importante já que apesar de as leis terem de ser feitas para o país, estas terão implicações acima de tudo locais.

A União Europeia (UE) também tem trabalhado para criar guidelines para os táxis aéreos nas cidades.

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) publicou em junho deste ano as primeiras linhas orientadoras para a utilização de aeronaves elétricas de descolagem e aterragem na vertical (eVTOL).

eVTOL Joby Aviation - AWAY
EVTOL da Joby Aviation

O documento fazia referência a aspetos como o tipo de licenças necessárias para operadores e equipas de bordo, assim como a parâmetros para a manutenção das aeronaves e para as regras de circulação no ar.

Desta forma, espera-se criar um parâmetro para os eVTOL que garanta a segurança das pessoas, ao mesmo tempo que se protege o ambiente e a privacidade.

Esta publicação esteve aberta para consulta pública até setembro. Não se sabe ainda quando serão publicadas e instituídas as regras finais para a mobilidade aérea urbana, mas um representante da AESA acredita que haverá táxis aéreos na UE a partir de 2024.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cortiça portuguesa no interior dos elétricos Mobilize
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana