Atualidade

Uso de água em campos de golf franceses leva ativistas a cimentar buracos

Apesar de seca severa, clubes de golf em França podem continuar a regar os seus relvados, algo que levou a ações de protesto
Texto
Campos de golf em França continuam a ser regados (Foto: L. Cipriani/AP)
Campos de golf em França continuam a ser regados (Foto: L. Cipriani/AP)

Um grupo de ativistas ambientais estão a encher os buracos dos campos de golf em França com cimento como forma de protesto. Isto acontece porque o governo francês continua a permitir que os clubes de golf reguem os seus relvados numa altura em que o país enfrenta uma das maiores secas de que há registo e há várias restrições ao consumo de água.

Ativistas do Extinction Rebellion Toulouse terão feito a ação de protesto em dois clubes de golf, um em Vieille-Toulouse e outro em Garonne des Sept Deniers, de acordo com a Euronews.

O grupo partilhou imagens na sua conta de Twitter do que aparenta ser um buraco de um campo de golfe cheio de cimento, juntamente com um sinal onde se pode ler, em francês, “Este buraco bebe 277 mil litros de água por dia. Bebes assim tanto?”, acompanhado pelo hashtag “para o golf”.

A exceção dos campos de golf à restrição do uso de água em época de crise faz parte de um acordo celebrado entre a Federação Francesa de Golf e o Ministro da Transição Ecológica em 2019.

Para poderem ficar de fora das restrições, os clubes comprometeram-se em reduzir o seu consumo de água. Em época de crise, de acordo com a Euronews, os únicos cuidados que têm de ter é fazer a rega durante a noite e reduzir ao mínimo necessário, utilizando apenas 30% da quantidade de água normal.

França é dos países que mais está a sofrer com as vagas de calor e com a seca que se têm vivido um pouco por toda a Europa nestes últimos meses. Praticamente todas as regiões do país têm restrições ao uso de água e há cidades que estão a ser abastecidas por camiões de água.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro