Mobilidade

Rússia está a construir carros sem sistemas de segurança como ABS e airbags

Governo de Vladimir Putin autoriza construtores russos a produzir automóveis que não podem ser vendidos na Europa
Produção de automóveis na Rússia
Produção de automóveis na Rússia

A Guerra na Ucrânia provocou uma autêntica debandada de empresas ocidentais da Rússia e a imposição de várias sanções económicas e comerciais ao país de Vladimir Putin. Uma das consequências é particularmente sentida no mercado automóvel, com queda de 85% de vendas em maio e na produção automóvel local.

Várias fábricas fecharam e as que se mantiveram abertas tem atualmente fortes restrições no acesso a componentes. É o caso da Avtovaz, que produz por exemplo os icónicos veículos soviéticos Lada, e que teve um forte investimento do Grupo Renault nos últimos anos, mas que o grupo francês vendeu já no decurso da guerra devido às sanções.

Face a isto tudo a solução russa, para se manter “produtiva” passa por retirar sistemas de segurança dos carros, alguns tão importantes como o sistema de assistência à travagem ABS, pré-tensores dos cintos de segurança ou os necessários elementos de proteção à colisão, os airbags.

As autoridades do Kremlin autorizaram na semana passada a que os construtores locais possam, de facto, produzir e vender automóveis nestas condições.

Um forte retrocesso na segurança dos automobilistas na Rússia.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?