Mobilidade

Serviço de táxis autónomos tem um novo impulso na China

Empresas WeRide e GAC Group vão trabalhar em conjunto na comercialização do serviço de robotáxi a partir do próximo ano, através da aplicação OnTime
WeRide e GAC Group levam robotáxis para a China
WeRide e GAC Group levam robotáxis para a China
PUB

A startup chinesa dedicada à condução autónoma WeRide estabeleceu uma parceria com o construtor de automóveis, seu conterrâneo, Guangzhou Automobile Group (GAC Group), para a implementação de um serviço de táxi sem condutor.

Totalmente focada no desenvolvimento de soluções de condução autónoma, a WeRide recorre a acordos com fabricantes de automóveis no sentido de concretizar as suas inovações.

PUB

A empresa que é apoiada pela Nissan e está avaliada em mais de 2,6 mil milhões de euros, aliou-se, desta vez, a um dos maiores construtores chineses para implementar um serviço de robotáxi, como é conhecido na indústria automóvel, o qual estará disponível através da aplicação dedicada à mobilidade partilhada OnTime, detida em parte pelo próprio GAC.

PUB

O acordo tem como objetivo impulsionar a comercialização em grande escala do serviço de táxi sem condutor na China, numa indústria que se tem tornado cada vez mais competitiva, com a concorrência, nomeadamente, de empresas como a Baidu, a Pony.ai ou a AutoX.

PUB

Em conjunto, as empresas WeRide, GAC e OnTime ofereceram passeios de teste ao público no Salão Automóvel de Guangzhou, que decorreu até dia 28 de novembro. Quanto à data em que o serviço de robotáxi estará finalmente disponível para o público em geral, as empresas envolvidas no projeto apontam já para 2022.

A WeRide tem vindo a testar um serviço de táxi sem condutor desde 2019 na cidade de Guangzhou, no sul da China, onde tem a sua sede, tal como o GAC Group.

(Fotos: divulgação)

Continuar a ler
Home
Comprar um veículo elétrico em segunda mão. Prós e contras
Preço dos combustíveis com aumento na 2ª feira
Descobre como a resiliência fará parte das smartcity do futuro