Mobilidade

Vai ser proibido arranjar carros com mais de 15 anos? Comissão esclarece

Em causa está a notícia de que a UE iria proibir a reparação de carros antigos para reduzir emissões
Texto
Automóvel a ser reparado (foto: Drazen Zigic/Freepik)
Automóvel a ser reparado (foto: Drazen Zigic/Freepik)

Parece que, afinal, União Europeia (EU) não vai proibir a reparação de automóveis com mais de 15 anos. A ideia, esclareceu, é retirar de circulação veículos que em fim de vida útil.

Numa publicação nas redes sociais, a Comissão Europeia explicou em que se baseia a proposta, salientando que “Não existe nada neste regulamento para impedir a reparação de automóveis que podem ser reparados. Só no caso de um carro estar a ser vendido é que existem regras neste regulamento que iriam permitir às autoridades determinar se um carro é realmente um carro ou se na verdade já não é um carro, mas sim um veículo em fim de vida.

O objetivo desta nova medida é combater a fraude e confusão entre carros destinados ao ferro-velho e carros em segunda mão.

Nada nesta proposta impede um proprietário de um veículo de proceder à reparação do mesmo, independentemente da idade da viatura”, refere a Comissão Europeia na publicação.

Em relação às viaturas antigas/de coleção, estas não são abrangidas por esta proposta.

A proposta da Comissão Europeia tem como objetivo apoiar as metas ecológicas da União Europeia, que incluem a descarbonização dos transportes até 2050, a redução das emissões em 55% até ao final da década e a introdução de uma economia limpa e circular no setor automóvel.

 

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabes quais são os equipamentos elétricos com maior impacto ambiental?
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma