Energia

Zara, Massimo Dutti e outras com energia limpa virtual da EDPR

Inditex e EDP Renováveis celebraram contrato a longo prazo para fornecimento virtual de 55 MW de energia eólica
Texto
Loja Zara (foto: Inditex)
Loja Zara (foto: Inditex)

A Inditex, o grupo retalhista que detém marcas como a Zara, a Bershka e a Massimo Dutti, está a apostar na sustentabilidade e, para tal, assinou um acordo a longo prazo com a EDP Renováveis (EDPR) que não implica fornecimento real de eletricidade de fontes renováveis, mas sim virtual.

A energia renovável que a EDP Renováveis vai fornecer virtualmente ao grupo da Zara será produzida a partir de projetos de energia eólica de cerca de 55 MW no norte de Espanha.

Estes parques eólicos, que apenas entrarão em funcionamento entre 2025 e 2026, vão produzir mais de 170 GWh por ano, evitando assim a emissão de mais de 73 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) anualmente.

Energia eólica - AWAY
Fornecimento virtual será de energia eólica (foto: EDP Renováveis)

O acordo virtual de energia (Virtual Power Purchase Agreement ou PPA, na sigla inglesa) permite que o grupo global retalhista tenha acesso a certificado de energia limpa, mesmo que não utilize diretamente energia proveniente destes parques em concreto.

A EDP Renováveis tem assegurado novos contratos de longo prazo com vários clientes empresariais para ajudar a acelerar a transição energética e descarbonizar a economia. A empresa energética comprometeu-se também a investir 20 mil milhões de euros até 2026 para desenvolver mais projetos renováveis.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Ex-refinaria de petróleo transforma-se em parque sustentável
Radares da PSP. Vê aqui todas as localizações para o mês de junho
Autocarro a hidrogénio na Califórnia promete 644 km de autonomia