Energia

Mercadona com painéis solares em 240 lojas, até final de 2023

Grupo de supermercados espanhol quer chegar a 2027 com o equivalente a 300 lojas com zero emissões
Texto
Painéis solares na Mercadona (foto: divulgação)
Painéis solares na Mercadona (foto: divulgação)

Com várias aberturas de loja programadas para Portugal, aumentando a oferta em território nacional, a Mercadona está também apostada em incrementar a utilização de energias renováveis em mais de 240 lojas, centros logísticos e armazéns.

A Mercadona estima que os painéis solares fotovoltaicos instalados nas coberturas dos supermercados podem contribuir com até 20% do consumo de energia e evitar a emissão de 30 toneladas de gases nocivos para atmosfera, em cada loja.

mercadona - away
Funcionário a instalar painéis fotovoltaicos na Mercadona (foto: divulgação)

Em 2022, de acordo com informação de imprensa divulgada no início do ano, o grupo espanhol investiu 14 milhões de euros na instalação de painéis solares em várias localizações, contribuindo assim para a redução de mais de 3 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Atualmente a Mercadona tem cerca de 350 espaços, dos quais 114 supermercados, 9 centros logísticos e 3 hives (armazéns exclusivos para vendas online) já possuem sistemas de produção de energia fotovoltaica em regime de autoconsumo (para utilização própria).

Até ao final de 2023 o grupo pretende atingir as 350 lojas e chegar aos 240 pontos com painéis fotovoltaicos instalados.

O objetivo passa por chegar a 2027 com cerca de 850 lojas com sistemas de autoconsumo, proporcionado o equivalente a 300 lojas com consumo zero de energia da rede, ou seja, apenas com recurso a energias renováveis.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana
Já é possível carregar o passe Andante e bilhetes ocasionais no Porto com telemóvel