Sustentabilidade

Efacec automatizou a estação de triagem de resíduos da Suldouro

A estação de Grijó tem agora uma maior capacidade de resposta e processos mais automatizados
Texto

A Efacec foi a empresa escolhida para a empreitada de beneficiação da estação de triagem de resíduos da Suldouro, em Sermonde, Grijó, o que permitiu aumentar a capacidade da linha para 4,5 toneladas por hora e incrementar o nível de automatização do processo de separação de resíduos provenientes da recolha seletiva, em concreto embalagens plásticas e metálicas.

Alvo de um contrato de valor superior a dois milhões de euros, o projeto foi inaugurado pelo Presidente do Conselho de Administração da Suldouro, Miguel Lisboa, bem como pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

A estação de triagem da Suldouro passa agora a ter uma maior capacidade de resposta ao nível do processo de triagem de resíduos, fruto de um incremento do débito horário de processamento. A intervenção realizada pela Efacec permite ainda o aumento da eficiência na separação dos materiais alvo e, por consequência, o incremento das taxas de reciclagem desses mesmos materiais.

Os benefícios trazidos pela maior automatização do processo de separação estendem-se ainda à melhoria das condições de higiene, segurança e ambiente, comparativamente às condições de triagem manual.

O ambiente é, aliás, um tema que a Efacec teve no centro das suas preocupações no desenvolvimento desta empreitada. A empresa empenha-se em assegurar uma gestão responsável das operações com vista a prevenir a poluição, através do desenvolvimento de soluções amigas do ambiente e da identificação e avaliação dos riscos ambientais em todas as áreas em que atua.

(Fotos: divulgação e N. Fewings/Unsplash)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP para a semana de 2 a 8 de outubro
Preço dos combustíveis com descida ligeira esta 2.ª feira
Há milhões de painéis solares parados em armazéns. O que se passa?