Cidades

Novos radares de Lisboa apanharam cerca de 30 mil em excesso de velocidade

Os radares fixos de Lisboa controlaram cerca de 1240 condutores em excesso de velocidade por dia

Em menos de um mês os 20 novos radares fixos de controlo de velocidade, instalados em Lisboa, já registaram um total de 29.727 ocorrências, o que dá uma média sensivelmente de 1240 condutores por dia.

Os dados são da Câmara Municipal de Lisboa (CML), em nota que a AWAY teve acesso, e reportam ao período desde o início de funcionamento no dia 1 de junho até ao passado dia 24 de junho.

Novos radares de Lisboa (foto: AWAY)

Os locais onde foi registado o maior número de ocorrências foram as avenidas Lusíada, Padre Cruz e Infante Dom Henrique.

A maior velocidade captada no novo sistema de radares de Lisboa foi 240 km/h, especificando a nota da autarquia que este registo ocorreu na Avenida Marechal Craveiro Lopes, junto às Bombas Posto Repsol, no sentido Aeroporto/Benfica.

A CML salienta, no entanto, que estes não são números efetivos relativos a infrações consideradas elegíveis, visto que em muitos casos poderemos estar a falar de situações relacionadas por exemplo com veículos prioritários, em missão de polícia ou em missão de socorro.

Como funcionam estes novos radares

De acordo com o município, os novos aparelhos “são equipamentos modernos e com uma tecnologia mais atual, que possibilitam o controle simultâneo de velocidade em várias vias e em ambos os sentidos”, enquanto os radares antigos apenas permitem controlar a velocidade numa única via.

Assim, os novos radares possuem a funcionalidade de captar a velocidade dos veículos em aproximação e em afastamento, sendo que essa funcionalidade só estava prevista de ser utilizada em duas localizações: Avenida Calouste de Gulbenkian e Avenida Brasília.

Sinalização específica dos radares fixos em Lisboa

Nas imagens captadas em aproximação, isto é, quando o veículo está de frente para o radar é colocada máscara não sendo possível identificar quem se encontra na viatura. O radar controla a velocidade e identifica o veículo através da matrícula.

Outra das funcionalidades é a possibilidade de receber no Centro de Coordenação da Mobilidade do município dados de tráfego em tempo real (velocidades médias, contagens de veículos com possibilidade de desagregar por tipologia de veículo, distância entre veículos para avaliar congestionamento da via).

(Nota:Notícia atualizada dia 04.07.2022 com vídeo de reportagem no programa Esta Manhã da TVI)

Continuar a ler
Home
Ponte Vasco da Gama encerrada ao trânsito a partir das 23 horas de hoje
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas
Alterações climáticas impactam nascimento das tartarugas