Sustentabilidade

Afinal onde está a descarbonização? Emissões poluentes sobem 6,2%

Dados da Agência Europeia do Ambiente mostram subida das emissões, ainda que a longo prazo a tendência seja inversa
Texto
Poluição na União Europeia (foto: R S Iyer/AP)
Poluição na União Europeia (foto: R S Iyer/AP)

Apesar de a União Europeia (UE) estar a investir cada vez mais na descarbonização, o impacto da transição energética ainda não se está a fazer sentir. Entre 2020 e 2021, as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) na UE subiram 6,2%. Apesar disso, ficaram ainda aquém dos valores de 2019.

Um dos principais fatores que provocaram o aumento de emissões entre 2020 e 2021 foi a recuperação económica global depois de várias indústrias terem-se visto obrigadas a parar durante a pandemia de covid-19.

Também o aumento na utilização de carvão na energia e a maior procura nos transportes contribuíram para a subida de emissões de GEE.

Poluição - AWAY
Emissões subiram de 2020 para 2021 (foto: Martin Meissner/AP)

Estas informações são divulgadas pela Agência Europeia do Ambiente (AEA) no "Inventário anual de gases com efeito de estufa da UE 1990-2021 e relatório de inventário 2023" e mostram que, apesar do aumento em 2021, a tendência na UE é de diminuição das emissões.

Analisando o período entre 1990 e 2021, as emissões líquidas de GEE dos 27 Estados-membros diminuíram 30% enquanto a economia cresceu 61%.

A longo prazo, haverá uma diminuição de emissões impulsionada pela utilização crescente de energias renováveis, pela melhoria da eficiência energética, pelas mudanças estruturas na economia da EU, entre outros fatores.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana de 22 a 28 de abril
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana