Sustentabilidade

Investigação revela propriedades incríveis das fezes dos pinguins

Estudo mostra a importância dos pinguins-de-barbicha para os oceanos e para a capacidade de captura de CO2
Texto

São pequenos, adoráveis e parece que têm um papel muito importante para a saúde dos oceanos e da atmosfera. Os pinguins ajudam a garantir a circulação de ferro nas águas salgadas, apoiando a captura de dióxido de carbono (CO2) da atmosfera.

Apesar da sua estatura bem mais pequena, descobriu-se agora que os pinguins são tão importantes para os ecossistemas aquáticos do Oceano do Sul, a massa de água que rodeia a Antártida, como grandes mamíferos como as baleias, conclui um novo estudo publicado na revista científica Nature Communications.

O que acontece é que os pinguins, por consumirem krill, pequenos crustáceos ricos em ferro, têm fezes com este metal o que garante a fertilização das águas salgadas.

Pinguins-de-barbicha - AWAY
Pinguins-de-barbicha foram estudados (foto: Derek Oyen/Unsplash)

Com boas quantidades de ferro presente no Oceano do Sul, há mais desenvolvimento de fitoplâncton, pequenos organismos considerados dos principais responsáveis pela capacidade do oceano de sequestrar carbono da atmosfera.

Esta investigação, que usou imagens de drones para analisar os dejetos de uma colónia de pinguins-de-barbicha, concluiu que toda a espécie é capaz de reciclar 521 toneladas de ferro todos os anos, fazendo com que o ecossistema mantenha o seu equilíbrio.

Pinguins-de-barbicha - AWAY
Fezes dos pinguins ajuda ao equilíbrio dos oceanos (foto: Derek Oyen/Unsplash)

E se por um lado isto faz com que os pinguins-de-barbicha sejam dos que mais contribuem para o ciclo de ferro no Oceano do Sul, por outro, o seu impacto poderia ser ainda maior já que a população diminuiu para metade desde os anos 1980.

O colapso das espécies de pinguins está associado às alterações climáticas e, por isso, os autores do estudo mostraram-se preocupados com um possível desequilíbrio dos ecossistemas do Oceano do Sul e consequente impacto na sua capacidade de capturar CO2.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Férias à vista: estas praias portuguesas têm as águas mais limpas do país
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável