Atualidade

Mais de 1 milhão de multas de trânsito em 2022. O que se passou?

Mais pessoas na estrada e mais infrações levaram a uma subida no número de multas de trânsito até novembro de 2022
Texto
Radar em Lisboa (foto: AWAY/DR)
Radar em Lisboa (foto: AWAY/DR)

Até novembro de 2022, foram passadas cerca de 1,1 milhões de multas de trânsito, mais 4% do que no ano anterior. Foram as infrações por excesso de velocidade e de álcool as que mais subiram.

Os dados foram avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) que refere que foram fiscalizados 118,2 milhões de veículos nos onze primeiros meses do ano.

Fiscalização - AWAY
Foram fiscalizados 118,2 milhões de veículos (foto: ANSR)

Apesar de terem sido passadas mais de multas de trânsito em 2022 do que em 2021, a taxa de infração foi inferior. Ou seja, face ao número de veículos inspecionados, foram identificadas menos infrações (0,76% em 2022, face a 0,89% em 2021).

Isto deve-se ao facto de que em 2021 ainda houve quebras na circulação rodoviária devido à pandemia de Covid-19.

Do total de infrações registadas em 2022, a grande maioria foi por causa de excesso de velocidade (68,2%).

As infrações por utilização de telemóvel, pela falta de cinto e pela não utilização de cadeirinha para as crianças diminuíram em 2022.

Excesso de velocidade - AWAY
Excesso de velocidade foi a principal infração (foto: Janis Fasel/Unsplash)

Por outro lado, a condução sob o efeito de álcool teve um aumento substancial de 32,9%.

Ao todo, foram submetidos ao teste de pesquisa de álcool 1,4 milhões de condutores e houve uma taxa de incidência de 1,9% entre janeiro e novembro de 2022, mais do que no mesmo período em 2021, quando registou-se 1,6%. Isto quer dizer que por cada 1000 condutores que fizeram o teste, 19 acusaram condução sob o efeito de álcool.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar de 15 a 21 de julho
Cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa