Mobilidade

Renault lança modelo elétrico exclusivo para mercado de transporte individual

Berlina Limo é produzida pelos chineses da Jingliang Motors com a marca Mobilize. Estará disponível apenas em modelo de subscrição.
PUB

A Mobilize, nova marca criada pelo Grupo Renault para oferecer serviços de mobilidade, apresentou o seu primeiro automóvel – uma berlina elétrica destinada a serviços de transporte individual e táxi. Limo é o nome do modelo produzido na China pela Jingliang Motors, parceira do grupo francês naquele território, o que representa também uma estreia em termos de produção conjunta.

O Limo não estará à venda para o consumidor final. A Mobilize vai disponibilizar 40 unidades a partir do segundo semestre do próximo ano num sistema de subscrição, que pode incluir um conjunto alargado de serviços, como garantias, manutenção, seguros e opções de carregamento.

PUB

Para a sua utilização pode optar-se por contratos com base na duração ou na quilometragem, neste caso aplicáveis a empresas prestadoras de serviços de transporte individual, ou pagar em função da utilização, aqui aplicável a motoristas ocasionais. O financiamento estará a cargo do RCI Banque, divisão de soluções de crédito do Grupo Renault.

PUB

A Mobilize mostra-se, atenta ao crescimento do mercado de serviços de transporte individual de passageiros na Europa, que se espera vir a ter um valor de 50 mil milhões de euros em 2030 (contra os atuais 28 mil milhões de euros).

PUB

O Limo tem 4,67m de comprimento, 1,83m de largura e 1,47m de altura, dimensões que o aproximam do segmento D, e estará disponível em apenas três cores: preto, branco e cinzento. Vem equipado com motorização elétrica de 150 cv, que permite atingir os 100 Km/h em 9,6 segundos.

A bateria de iões de lítio é de 60 kWh, para uma autonomia anunciada de 450 Km, sendo que está preparada para recuperar 250 Km de autonomia em apenas 40 minutos, através de carregamento rápido.

O equipamento de assistência à condução é vasto. Entre outros, o Limo conta com cruise control adaptativo, deteção de ângulo morto, sistema de manutenção de faixa de rodagem, aviso de colisão frontal e de peões e sistema de reconhecimento de sinais de trânsito. No interior, os três passageiros da segunda fila de bancos têm acesso a tomadas USB, aos controlos do volume e da ventilação e a luzes de leitura.

Para o condutor está reservado um sistema de infotainment através de um ecrã de 12,3 polegadas, que lhe permite espelhar o smartphone e, assim, usar o sistema de navegação que preferir.

PUB
Continuar a ler
Home
Cidades
Conhece aqui o vencedor do Prémio Gulbenkian para a Humanidade
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2