Mobilidade

Porto vai ter 700 novas trotinetes e bicicletas elétricas da Bolt

Licença foi atribuída à plataforma para os próximos 5 anos depois desta ganhar o concurso lançado pela autarquia
Porto (Foto: M. Roskovec/Unsplash)
Porto (Foto: M. Roskovec/Unsplash)

A plataforma de mobilidade europeia Bolt e a Câmara Municipal do Porto assinaram um acordo “para a introdução de soluções de mobilidade suave na cidade”. A atribuição da licença válida para os próximos cinco anos, que se segue à vitória no concurso lançado pela autarquia, prevê que a Bolt invista numa frota de 700 veículos, entre trotinetes e bicicletas elétricas, que estarão disponíveis por toda a cidade.

As soluções de micromobilidade da Bolt chegaram a Portugal há dois anos e, em comunicado, a empresa refere que um dos seus maiores objetivos tem sido solidificar a sua presença no norte do país, sendo a cidade do Porto uma das prioridades.

Já a operar nas cidades de Lisboa, Braga, Coimbra, Barcelos, Setúbal e Cascais, a Bolt irá disponibilizar bicicletas e trotinetes elétricas equipadas com funcionalidades inovadoras, como por exemplo um teste de reação cognitiva capaz de avaliar se o utilizador consumiu bebidas alcoólicas, ou um sistema inteligente de verificação de estacionamento apropriado.

Em comunicado, a Bolt assegurou que irá disponibilizar no mapa da sua aplicação móvel todos os locais públicos na cidade do Porto onde se poderão deixar os respetivos veículos. A plataforma de mobilidade procura, dessa forma, contribuir para evitar que estes se tornem obstáculos para os peões.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?