Mobilidade

Carris Metropolitana arranca 1 de junho e já há horários para 5 concelhos

Horários para as novas carreiras de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal já foram divulgados
Carris
Carris

A Carris Metropolitana arranca já na quarta-feira, dia 1 de junho, em Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal. Para preparar o início das operações, a empresa já divulgou os horários das novas carreiras, salientando que já é possível comprar bilhetes e carregar os passes em 56 agentes nos cinco concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML), na margem sul do Tejo.

Desde 26 de maio que já é possível consultar os horários das novas carreiras da operadora da AML no site da Carris Metropolitana. Para que a transição corra da melhor forma, a empresa criou também um conversor que permite facilmente ver a que linhas novas correspondem os números das carreiras antigas.

Outra das grandes novidades anunciadas pela empresa é que já estão abertos os novos espaços para compra presencial de títulos de transporte da Carris Metropolitana e que a rede foi reforçada nos cinco concelhos a sul do Tejo, que correspondem à área 4 da rede de transportes.

Assim, passam a haver “56 agentes a prestar o serviço de carregamento de passes Navegante e Navegante pré-comprado nos municípios da área 4, comparativamente aos 13 agentes geridos pelo operador TST, que prestava serviço até agora”, escreve a nova operadora, citada pela Lusa.

Os títulos para viajar na Carris Metropolitana, passe ou Navegante pré-comprado continuam a poder ser adquiridos ou carregados em caixas automáticas (multibanco), pontos Navegante e na rede de agentes Pagaqui da AML.

Em relação aos espaços Navegante que, além do carregamento, disponibilizam apoio aos passageiros, como esclarecimento de dúvidas e adesão ao passe família, entre outros serviços, vão existir em toda a AML 26 pontos de atendimento. Na área 4, estão abertos seis, sendo que Alcochete, Moita, Montijo e Palmela têm um espaço Navegante cada e Setúbal tem dois.

Como irá funcionar a Carris Metropolitana

A Carris Metropolitana será a responsável pela operação rodoviária municipal em 15 dos 18 municípios da área metropolitana de Lisboa, sendo que no Barreiro, Cascais e Lisboa, os restantes três, continuam a operar as atuais empresas Transportes Coletivos do Barreiro (TCB), Carris e Mobi Cascais, mas com interfaces intermunicipais.

A nova empresa de transportes da AML entra em funcionamento em duas fases, a primeira das quais a partir de 01 de junho, nos concelhos de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal, a área 4 da operação da Carris Metropolitana.

Um mês depois, em 01 de julho, começará a operar nos municípios correspondentes às áreas 1 (Amadora, Cascais, Lisboa, Oeiras e Sintra), 2 (Loures, Mafra, Odivelas e Vila Franca de Xira) e 3 (Almada, Seixal, Sesimbra).

(Fotos: Nuno Fox/Lusa, captura Carris Metropolitana e Lucíola Correia)

 

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?