Patrocinado

Novo Porsche Cayenne: mais luxuoso, desportivo e sustentável

Terceira geração do incrível SUV da Porsche surge com melhores aptidões e maior eficiência

A Porsche tem no SUV Cayenne um dos seus porta-estandartes de tecnologia e eficácia. Em 2023, a renovação da terceira geração apresenta melhorias nas motorizações, chassis, equipamento, luxo sem precedentes e no capítulo da sustentabilidade.

Os preços do novo Porsche Cayenne começam nos 112.767 euros (versão E-Hybrid) e as principais alterações estéticas, agora realizadas, visaram o aprimoramento da bem-sucedida imagem geral do SUV. Na dianteira um novo capot e guarda-lamas encorpados e mais arqueados conferem imagem mais dinâmica. Mas são os novos faróis LED HD-Matrix a impressionar com módulos de alta-definição onde sobressaem tecnologia de 32 mil pixels por ótica e mais de 1000 ajustes em permanência. Atrás, são as luzes traseiras tridimensionais, superfície lisa e um novo para-choques a dar o toque final.

porsche - away
Porsche Cayenne (foto: divulgação)

Mas se o exterior impressiona, é a bordo que o novo Porsche Cayenne primeiro se destaca. Em foco muita tecnologia e inovação, onde pontua de forma elevada o Porsche Driver Experience, um novo conceito de controlo e visualização digital, assente numa configuração que coloca as funções mais utilizadas pelo condutor no volante ou imediatamente atrás do mesmo. Com acesso direto e simplificado a atenção pode ser dada apenas à estrada e ao prazer de condução.

Ainda no interior em estreia um painel de instrumentos totalmente digital com 12,6 polegadas, tecnologia de ecrã curvo, alta definição em sintonia com um opcional head-up display de elevada qualidade. No centro o sistema de infoentretenimento Porsche Communication Management (PCM) com ecrã 12,3 polegadas viu as suas potencialidades de conectividade reforçadas. Mas há mais! Até o passageiro poderá agora ter (em opção) um novo ecrã com 10,9 polegadas para ter uma maior experiência a bordo.

porsche - away
O novo Porsche Cayenne tem um interior superluxuso e bastante tecnológico (foto: divulgação)

Híbrido com até 90 km de autonomia elétrica

Em foco na gama do novo Porsche Cayenne está a motorização plug-in híbrida, presente no Cayenne E-Hybrid. Um novo motor elétrico com 130 kW acoplado ao motor seis cilindros de 3 litros, assegura ao conjunto uma potência combinada de 346 kW (470 cavalos).

Com a bateria de alta capacidade de 25,9 kW a Porsche promete uma autonomia 100% elétrica de até 90 quilómetros (ciclo WLTP). E para que tudo isto seja mais fácil de alcançar, para além de modos de condução selecionáveis, otimizáveis e inteligentes, nesta geração do Cayenne há um novo carregador de bordo de 11 kW que reduz o tempo de carregamento para menos de 2 horas e meia.

A gama inclui ainda duas motorizações apenas a combustão, com motor 4.0 V8 de 349 kW (474 cv) e motor 3.0 V6 de 260 kW (353 cv), ambas melhoradas face à geração anterior.

porsche - away
O Cayenne e-Hybrid pode circular até 90 km em emissões zero (foto: divulgação)

Na geração de 2023 o Cayenne recebeu melhoramentos na suspensão com o sistema de controlo ativo (PASM) a permitir agora maior conforto a baixa velocidade, melhor suporte a oscilações em curva e uma experiência de condução global mais energizante.

Os condutores podem optar por suspensão em modos Normal, Sport e Sport Plus que permite regular se querem ter maior conforto ou maior capacidade desportiva.

porsche - away
A atualização profunda do SUV Cayenne chega em 2023 (foto: divulgação)

Mais eficiente, económico e sustentável

Com o novo motor elétrico do Porsche Cayenne, a condução com emissões zero passou a ser possível em até 90 quilómetros. Dependendo da condução e condições de tráfego é possível alcançar médias de consumo energético de até 28,7 kWh/100 km ou um consumo combinado reduzido a médias entre 1,5 e 1,8 litros/100km e emissões de dióxido de carbono entre 33 a 42 g/km.

No plano da eficiência sustentável, de salientar que o pacote desportivo de baixo peso reduz em até 33 Kg o peso no Cayenne Coupé, mas o maior destaque vai para o novo sistema de qualidade de ar que utiliza dados de navegação preditivos para detetar a aproximação de túneis e ativa de forma automática a recirculação do ar.

Como opção, é possível incluir um sensor que deteta o nível de partículas finas de poeira no ar e, caso necessário, faz esse mesmo ar passar múltiplas vezes pelo filtro de poeiras finas. Para além disso, um ionizador remove muitos germes e poluentes do ar, o que é particularmente benéfico para quem sofre de alergias, melhorando a qualidade do ar.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais poder andar de táxi aéreo em breve. Primeiro eVTOL já foi entregue a cliente
Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano