Mobilidade

Fomos conhecer o novo Citroën C5 X, disponível em versão híbrida plug-in

Modelo junta linhas arrojadas e um conforto excecional à possibilidade de circular 55 km em modo totalmente elétrico

A Citroën deu mais um importante passo na missão de ter propostas eletrificadas em toda a sua gama de veículos até 2025, com a chegada do novo C5 X, que vem ocupar a posição de topo de gama e que já está disponível nos concessionários nacionais. A nova proposta surge também como híbrido plug-in

O novo modelo que tivemos oportunidade de conduzir num percurso que nos levou até à Vidigueira, no Baixo Alentejo, foi criado com a pretensão de reunir numa só proposta três conceitos automóvel distintos: berlina, station wagon e SUV.

As linhas elegantes de uma berlina estão lá e a versatilidade de uma carrinha também (veja-se o amplo acesso à bagageira de 545 litros). Quanto à mistura com o conceito SUV, deve-se, essencialmente, às generosas medidas das rodas (jantes de 19” no híbrido plug-in) e a maior distância ao solo face a uma berlina tradicional.

Acima de tudo, o novo Citroën C5 X é um automóvel que contraria o paradigma dos modelos familiares, assumindo linhas inconvencionais e divertidas, com destaque para a aplicação da nova assinatura luminosa da marca em forma de “V” e dos dois spoilers na traseira. E o melhor é que está disponível como híbrido plug-in.

O C5 X eletrificado combina um motor a gasolina 1.6 PureTech de 180 cv com uma unidade elétrica de 81,2 kW (110 cv), o que coloca a potência combinada nos 225 cv. Vem associado a uma caixa automática de oito velocidades e a uma bateria de 13,2 kWh, que permite uma autonomia em modo totalmente elétrico de 55 km até uma velocidade máxima de 135 km/h.

Quanto ao carregamento da bateria, segundo a Citroën processa-se em 1h40m, recorrendo a uma wallbox e ao onboard charger de 7,4 kW (opcional).

Entre a muita tecnologia presente no C5 X híbrido, este conta com a funcionalidade Plug-In Reminder, que emite um alerta aos utilizadores caso não façam carregamentos regulares da bateria, com o objetivo de os ajudar a reduzir os custos de utilização e o impacto no ambiente.

Já o serviço PHEV Connect é especialmente dirigido aos gestores de frotas. Através da caixa telemática Citroën Connect Box são transmitidas informações precisas sobre a utilização de cada veículo (percentagem de utilização em modo elétrico e híbrido; frequência de carregamento; etc.), o que lhe permite agir sobre os comportamentos dos condutores.

Sobre o interior, podemos contar com uma habitabilidade generosa e com muito conforto, para o qual contribuem de forma decisiva os bancos Advanced Comfort. Equipado com um ecrã tátil HD de 12”, com função Mirror Screen, reconhecimento de voz natural e atualizações OTA, o C5 X disponibiliza ainda quatro tomadas USB tipo C e um carregador sem fios para smartphones.

A merecer especial destaque, o Head Up Display, de 21” a cores e com efeito 3D, projeta as informações de condução mais relevantes no para-brisas: velocidade, sinais de trânsito, indicações de navegação, etc.

Bem apetrechado de sistemas de ajuda à condução, como o Highway Driver Assist, que combina o regulador de velocidade adaptativo com função Stop & Go e o assistente de manutenção na faixa de rodagem, o novo Citroën C5 X tem preços a partir de 45.203 euros (híbrido plug-in com nível de equipamento Feel Pack).

Continuar a ler
Home
Alterações climáticas impactam nascimento das tartarugas
Preço dos combustíveis desce hoje: vê a nossa previsão
Descobre este veículo de transporte coletivo autónomo e a hidrogénio