Mobilidade

Ligações fluviais da Transtejo com interrupções esta tarde

Serviço regular entre Setúbal e Lisboa vai ter interrupções no início da tarde, retomando a partir das 17h35 dependendo da ligação
Texto
Transtejo (Foto: Pedro Ribeiro Simões/Flickr)
Transtejo (Foto: Pedro Ribeiro Simões/Flickr)

As ligações fluviais da Transtejo entre Setúbal e Lisboa vão sofrer constrangimentos durante a tarde desta quinta-feira, 10 de novembro. Em causa está o plenário de trabalhadores que irá ocorrer entre as 14h30 e as 17h30 que servirá para discutir a posição da administração e definir a resposta sindical.

Numa nota citada pela Lusa, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) refere que está prevista a interrupção do serviço regular em diferentes períodos da tarde, consoante a ligação em causa.

No site da Transtejo Soflusa é divulgado o período em que as ligações deverão ficar sem efeito e quais os últimos barcos a sair de cada estação e terminal. As últimas ligações da manhã serão a partir das 13h, dependendo do percurso. O serviço retoma a partir das 17h35, dependendo da embarcação.

TErminal ferry - AWAY
Terminal (Foto: P. Valdivieso/Flickr)

Entre o Cais do Sodré e o Seixal, o último barco sai às 13h e o serviço é retomado às 17h55. No sentido inverso, o último barco sai às 14h e o serviço é retomado às 17h50.

No percurso Trafaria – Porto Brandão – Belém, a última ligação nos dois sentidos é às 13h, sendo que o serviço retoma às 18h no sentido Belém e às 18h30 no sentido Trafaria.

Na ligação Cacilhas e Cais do Sodré, o último barco da manhã será às 14h05 para Lisboa e às 14h20 para Setúbal. O primeiro barco da tarde sai as 17h35 para o Cais do Sodré e às 17h50 para Cacilhas.

Do Montijo para o Cais do Sodré, há um barco às 13h30 e a seguir às 18h. No sentido oposto, a embarcação sai às 14h e depois só às 18h.

Transtejo e Soflusa - AWAY
Transtejo e Soflusa

A empresa salienta ainda que em caso de paralisação do serviço regular, as estações e terminais estarão fechados por razões de segurança.

Os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa, empresas que partilham o conselho de administração, têm levado a cabo várias ações de luta nos últimos meses. Em outubro, os funcionários da Transtejo fizeram greve de três horas por turno durante cinco dias para reivindicar aumentos salariais.

A Transtejo tem a cargo as ligações do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, a Lisboa, e a Soflusa está responsável pela travessia entre o Barreiro, no distrito de Setúbal, e o Terreiro do Paço, em Lisboa.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar
Preço dos combustíveis: Governo impede descida prevista para esta semana