Mobilidade

Peugeot lança 308 SW em Portugal com duas motorizações híbridas plug-in

Versão carrinha recebe nova identidade da marca e oferece espaço, tecnologia e soluções de propulsão com menos emissões
Texto

Acabado de chegar ao mercado nacional, o novo 308 SW com motorizações híbridas é mais uma aposta da Peugeot para competir no segmento dos automóveis familiares compactos, no qual as carroçarias de estilo SUV de há uns anos para cá têm arrebatado todo o protagonismo – que é como quem diz, a preferência dos consumidores.

A versão berlina já havia chegado ao mercado no final de 2021, a estrear a nova identidade da marca Peugeot. Agora é a vez da versão carrinha tentar conquistar consumidores, tendo como principais argumentos a nova estética, oferta de motorizações de baixas emissões e mais e melhor tecnologia, quer ao nível do infoentretenimento, quer de ajudas à condução.

Face à geração anterior, o novo 308 SW cresceu em comprimento, mas diminui em altura, e tem o parabrisas mais inclinado e recuado. A frente é marcada pela enorme grelha e pelos faróis de circulação diurna em posição vertical, ao passo que nas laterais vemos linhas bem vincadas que se prolongam para a traseira. Aqui a versão SW perde a barra que liga os farolins, presente na versão berlina.

Sobre as motorizações, pela primeira no 308 SW a marca francesa oferece versões híbridas plug-in. Duas para ser preciso. O motor elétrico de 81 kW é o mesmo em ambas, sendo que no Hybrid 180 trabalha em conjunto com um bloco a gasolina de 1,6 litros com 150 cv e no Hybrid 225 é acompanhado de uma unidade também de 1,6 litros, mas com 180cv. Os dois estão associados a uma caixa automática de oito velocidades.

Os consumos anunciados são de 1,1 litros aos 100 km na versão menos potente e 1,2 litros na mais potente.

Com 12,4 kWh de capacidade de 102 kW de potência, a bateria de iões de lítio oferece uma autonomia a ambos os PHEV de até 60 km em circuito misto e até 73 km em circuito urbano. A Peugeot anuncia tempos de carregamento que vão de 1h40m (com Wall Box de 32 A e carregador de 7,4 kW – opcional) a 7h05m (numa tomada convencional com carregador de 3,7 kW – fornecido de série).

Quanto ao habitáculo e espaço para carga, a versão carrinha “ganha” à berlina, pois o incremento de distância entre eixos consegue oferecer mais espaço aos passageiros da segunda fila e à bagageira.

Na zona dedicada ao condutor, o 308 SW monta um painel de instrumentos, composto por um ecrã digital de 10 polegadas com efeito 3D. Ao lado está colocado o ecrã central, também de 10 polegadas, que concentra as funções de infoentretenimento e climatização.

O sistema que equipa o 308 SW assegura conectividade sem fios Android Auto e Apple CarPlay, assim como ligação através de quatro fichas USB-C e reconhecimento por voz “OK Peugeot”. As atualizações à navegação são feitas através do método Over-the-Air (OTA).

No 308 SW a oferta de sistemas de ajuda à condução é ampla. Dependendo da versão de equipamento escolhida, podemos contar com cruise control adaptativo; ajuda à manutenção na faixa de rodagem; recomendação antecipada da velocidade; travagem automática de emergência; entre outros.

Já disponível nos concessionários nacionais, o novo Peugeot 308 SW tem preços a partir de 39.150€ no Hybrid 180 e de 46.200€ no Hybrid 225. Para 2023 a marca promete o lançamento de uma versão 100% elétrica.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Ponte Vasco da Gama encerrada ao trânsito na próxima madrugada
O futuro pode não ter sequer volante e vai ser mais sustentável
Combustíveis: gasóleo e gasolina descem segunda-feira... mas pouco