Mobilidade

Novo DS 7 com motorizações híbridas plug-in chega no outono

Design renovado, novo interface de infoentretenimento e três opções de motorização híbrida são as principais novidades

A DS Automobiles apresentou o novo DS 7. O novo modelo vem substituir o DS 7 Crossback e surge com três opções de motorizações híbridas plug-in. As primeiras unidades chegam aos concessionários a partir do outono deste ano.

É nas secções dianteira e traseira que o novo DS 7 apresenta as alterações mais significativas. A frente conta com linhas mais afiladas, uma grelha de maiores dimensões e uma nova assinatura luminosa, combinada entre os faróis mais esguios ‘DS Pixel LED Vision 3.0’ e das luzes diurnas DS Light Veil’.

Atrás, as luzes em LED, mais finas, com efeito de vórtice, foram também redesenhadas com um acabamento metálico escuro. O portão da bagageira e o símbolo adotam agora linhas mais nítidas, enquanto a denominação DS Automobiles substitui a expressão Crossback.

Passando ao sistema de infoentretenimento, o Iris System presente no DS 7 introduz um interface totalmente renovado, completamente configurável e suportado por reconhecimento de voz natural. O ecrã tátil de 12 polegadas de alta resolução foi redesenhado para incluir um menu composto por widgets, que permite aceder às principais funções de navegação e conforto.

Na oferta de motorizações, o destaque vai para as três opções híbridas plug-in E-TENSE. A menos potente combina o motor a gasolina PureTech 180 e uma unidade elétrica de 110 cv, o que resulta numa potência combinada de 225 cv.

Com as restantes duas, o DS 7 passa a contar com tração integral, juntando o bloco a gasolina PureTech 200 a motores elétricos de 110 e 112 cv em cada um dos eixos. Uma versão tem 300 cv de potência combinada e a outra 360 cv, fruto de uma afinação específica da DS Performance.

Uma nova bateria de 14,2 kWh permite percorrer até 65 quilómetros com zero emissões no ciclo misto WLTP e até 81 quilómetros no ciclo urbano. O tempo de carregamento é de cerca de duas horas num carregador de 7,4 kW.

Por último, nota para os muitos sistemas de ajuda à condução que podemos encontrar no novo modelo da DS, entre os quais destacamos a DS Night Vision, uma câmara de infravermelhos que analisa a faixa de rodagem e zonas laterais para detetar ciclistas, peões e animais a distâncias até 100 metros.

Continuar a ler
Home
2022 é o ano com a segunda maior área ardida na Europa
Descobre este veículo de transporte coletivo autónomo e a hidrogénio
Colete salva-vidas de economia circular evita afogamentos