Mobilidade

Toyota lança em Portugal dois novos furgões elétricos para quebrar a tendência

Começam a chegar aos concessionários já em outubro os novos furgões livres de emissões, em versões de carga e passageiros
Texto

O mercado de veículos comerciais elétricos ainda tem pouca expressão em Portugal – apenas 2,9 por cento das vendas – mantendo-se, para já, o total domínio dos Diesel. Contudo, a tendência será de crescimento, assim a oferta acompanhe a procura. É, pois, neste enquadramento que a Toyota lança dois novos modelos alimentados a bateria de uma assentada.

Na verdade, quase podemos dizer que se tratam de quatro modelos, já que os novos Proace (furgão médio) e Proace City (furgão pequeno) estão ambos disponíveis em versões de carga (Van) e de passageiros (Verso). Se a isto juntarmos duas opções de comprimento para cada um, temos então um total de oito versões, cujas primeiras unidades começam a chegar aos concessionários da Toyota já neste outubro.

Toyota Proace City electric

Deviamente identificados com o badge ‘Electric’ na porta traseira, para que não haja dúvidas de que são movidas a eletricidade e não emitem CO2, os novos Procace e Proace city podem vir equipados com bateria de 50 kWh, ou, apenas no maior deles, de 75 kWh. Em qualquer dos casos, a Toyota oferece para este componente uma garantia de oito anos ou 160 mil quilómetros.

Falar de baterias é falar de autonomias, pelo deixamos aqui os números mais relevantes. Entre 264 a 279 km para o Proace City, entre 216 a 221 para o Proace com bateria de 50 kWh, e entre 312 a 318 para o mesmo modelo mas com bateria de 75 kWh. Quanto à motorização, disponibiliza um máximo de 100 kW (136 cv) de potência, qualquer que seja a carroçaria e versão.

Toyota Proace Verso electric

Para que os novos furgões elétricos da Toyota possam circular precisam de energia elétrica, já se sabe, pelo que a marca japonesa disponibiliza diferentes opções de carregamento, consoante o equipamento usado. Pode usar-se um cabo doméstico de 8A, um cabo para Wallbox de 32A (ambos fornecidos de série) ou, se se recorrer a um posto de carregamento rápido, usar o conector combo que lhe está acoplado.

Os tempos de carregamento situam-se entre as 42 horas na rede doméstica e os 32 minutos na rede pública (output 100kW), dependendo da bateria. Com uma wallbox são necessárias entre 4,5 a 6,8 horas para restabelecer a totalidade da energia.

Disponíveis com dois níveis de equipamento – Confort e Exclusive – os Proace e Proace City, nas versões Van e Verso, são comercializados a partir de 33.577€ (41.300€ com IVA), até 54.715€ (67.300€ com IVA).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa