Mobilidade

Lancia renasce com novo logótipo, nova linguagem visual e modelos elétricos

Marca italiana deu a conhecer a nova identidade visual e um novo conceito de design materializado na escultura Pu+Ra Zero
Texto

A mítica marca de automóveis Lancia está de volta. 116 anos após a sua fundação, o construtor italiano apresenta-se ao mundo com uma nova identidade visual e uma nova linguagem que, segundo o seu CEO, Luca Napolitano, irá definir o design da marca nos próximos 100 anos.

Agora integrada no grupo Stellantis, a Lancia é uma marca cheia de história. Seja pelos icónicos modelos que foi lançando ao longo dos tempos, seja pela participação no Campeonato do Mundo de Ralis, onde ficaram famosos os carros decorados com a cores da Martini ou da Alitalia.

Quase desaparecida nos últimos anos, a Lancia está agora a renascer como uma marca automóvel do segmento premium, para a qual foi traçado um plano estratégico a 10 anos que passa pela produção de modelos puramente elétricos. As primeiras manifestações materiais desse renascimento são o novo logótipo, o oitavo na história da marca, e o novo ‘lettering’.

Inspirado no logótipo de 1957, introduzido pela primeira vez no Lancia Flaminia, o novo logótipo representa, nas palavras da marca, “uma joia, muito clássica na sua estética, onde elementos de simplicidade e pureza gráfica encontram elementos de preciosidade, em termos de cores, materiais e tratamentos”.

Em simultâneo, a Lancia deu a conhecer o conceito Pu+Ra Design como a base estética dos seus futuros automóveis. Denominado a partir do início das palavras “Puro” e “Radical”, representa uma nova linguagem de design de caráter sustentável, marcada por formas suaves, puras e sensuais, combinadas com modernas expressões de radicalidade e simplicidade.

O Lancia Pu+Ra Zero, cujas imagens partilhamos na galeria acima, é o que a marca designa por “manifesto tridimensional que contém a essência do novo design Lancia e a visão de como será o novo Ypsilon, o novo Delta e o novo topo de gama”.

Ainda que de uma forma muito conceptual, a escultura Pu+Ra Zero levanta o véu sobre o que podemos esperar dos futuros modelos da Lancia, nomeadamente na zona dianteira onde estará a identificação da marca em lettering. Já na traseira marcam presença os faróis redondos, a invocar os do mítico modelo Stratos.

Para o design dos novos habitáculos a Lancia anunciou uma parceria com a quase centenária marca italiana de mobiliário Cassina.

Os primeiros três modelos da nova Lancia serão lançados entre 2024 e 2028. A estreia será com o Ypsilon, seguindo-se em 2026 o topo de gama e, já em 2028, a nova geração do Delta.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo