Mobilidade

Estações de troca automática de baterias elétricas fazem furor

Construtor de automóveis elétricos já tem o sistema implementado na China, mas quer torná-lo acessível a ainda mais condutores
Texto
Estações de troca de baterias Nio (foto: Nio)
Estações de troca de baterias Nio (foto: Nio)

O fabricante de automóveis elétricos Nio está cada vez mais empenhado na expansão das suas inovadoras estações de troca automática de baterias. Para este ano de 2023 está planeada a instalação de mais 1000 unidades em território chinês.

Depois de no último verão a Nio ter dado conta de que iria ter uma fábrica de estações de troca de baterias na Europa, a marca anunciou agora que iria implementar no seu país de origem mais infraestruturas como esta – 600 em áreas urbanas e 400 em autoestradas.

Com a implementação de mais estes 1000 pontos de troca automática de baterias para os seus automóveis elétricos, a Nio passará a ter um total de 2300 destes equipamentos instalados na China.

gama Nio - AWAY
Gama de modelos elétricos Nio (foto: Nio)

O construtor chinês é um dos poucos a apostar na troca de baterias como forma de “recarregar” a energia necessária para mover automóveis elétricos, uma solução que também já vimos aplicada em motos.

Nas infraestruturas totalmente automáticas da Nio, a troca de uma bateria gasta por outra carregada é uma operação que demora apenas três minutos, tempo que inclui a testagem do equipamento e do sistema elétrico do veículo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante