Mobilidade

Volantes dos Tesla andam a cair? Autoridades já estão a investigar

Situação assustadora de queda repentina do volante foi reportada por condutores nos EUA, o que levou a uma investigação preliminar
Texto
Tesla Model Y (foto: Sjoerd van der Wal/ GettyImages)
Tesla Model Y (foto: Sjoerd van der Wal/ GettyImages)

É sabido que a condução autónoma tem tido uma acentuada evolução nos últimos anos e que a Tesla tem impulsionado fortemente essa tecnologia. Mas também não é preciso “fazer desaparecer” o volante quando mais se precisa dele. A assustadora experiência já aconteceu a dois condutores nos EUA, o que levou à intervenção das autoridades.

A National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) está a abrir uma investigação preliminar que incide sobre 120 mil unidades do Tesla Model Y, após terem sido reportados dois casos de queda dos volantes durante a condução.

De acordo com o regulador de segurança automóvel dos EUA, os volantes de ambos os veículos versão 2023, ainda com pouca quilometragem, desprenderam-se completamente. A causa está, aparentemente, na falta do parafuso de retenção que prende o volante à coluna de direção.

tesla Model Y - AWAY
Tesla Model Y (foto: Picture Alliance/ GettyImages)

A investigação preliminar tem como objetivo avaliar o âmbito e a frequência associados a esta anomalia. Só após a sua conclusão, e caso seja necessário, poderá ser ordenada uma recolha para reparação das 120 mil unidades do Model Y.

Recorde-se que já no passado mês de fevereiro, também após uma intervenção da NHTSA, a Tesla procedeu à recolha voluntária de quase 363 mil veículos, por alegadas anomalias no Full Self-Driving (FSD), um avançado sistema de assistência à condução autónoma.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 formas de aproveitares as borras de café e dar-lhes uma nova vida
Bolt já fez mais de 600 mil quilómetros com animais a bordo em Portugal
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos