Mobilidade

Siemens Portugal vai produzir carregadores elétricos para a Austrália

A unidade da Siemens, em Corroios, vai produzir estações de carregamento elétrico destinadas a autocarros australianos
Texto
Carregadores portugueses para autocarros elétricos na Austrália
Carregadores portugueses para autocarros elétricos na Austrália

A Siemens vai produzir em Portugal as estações de carregamento elétrico que vão ser usadas na Austrália pela Custom Denning, um dos principais fabricantes australianos de autocarros.

As unidades de carregamento Sicharge UC da Siemens são produzidas na fábrica de Corroios e vão ser usadas pela Custom Denning que vai agora começar a fase de ensaios dos seus autocarros elétricos Element.

Ao todo, vão ser testados quatro autocarros elétricos Element, sendo que cada autocarro experimental será entregue a um operador com uma unidade de carregamento feita em Portugal e com uma solução digital de gestão de entreposto da Siemens.

As estações Sicharge UC servem toda a gama de potências de 100 a 600 kW e podem funcionar até 1000 V. Desta forma, é garantida uma grande flexibilidade aos operadores de autocarros, uma vez que permite criar infraestruturas altamente eficientes e facilmente expansíveis.

Já a solução digital de gestão permite controlar de forma centralizada todas as unidades e fazer o carregamento programado.

A Austrália está a encorajar a transição para transportes com baixas emissões, uma vez que os veículos pesados e os autocarros representam a segunda maior parcela de emissões de gases de efeito estufa no país. Os autocarros elétricos Element da Custom Denning querem ajudar na transição para transportes com menor pegada ecológica.

Em setembro do ano passado a Siemens já tinha anunciado um fornecimento de carregadores idênticos destinado à Autoridade de Transportes Públicos de Zurique, na Suíça.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro