Mobilidade

Porsche quer que metade das vendas em 2025 seja de modelos eletrificados

Até final da década, o construtor alemão ambiciona ter quota de vendas de modelos exclusivamente elétricos superior a 80%
Modelos eletrificados da Porsche
Modelos eletrificados da Porsche

Os modelos eletrificados deverão representar metade das vendas de veículos novos em 2025. Esta é a ambição da Porsche revelada pelo seu Presidente Executivo, Oliver Blume, referindo-se à oferta da marca de modelos híbridos plug-in ou totalmente elétricos.

Num comunicado enviado à imprensa, em que dá conta dos resultados operacionais de 2021 e projeta o seu futuro até ao final da presente década, a Porsche revela que “em 2030, a quota de veículos novos com motorização totalmente elétrica deverá ser superior a 80%”.

Porsche Taycan

Para além do elétrico Taycan, terceiro modelo mais vendido da marca alemã em 2021 a nível global (41.296 unidades entregues – mais do dobro do ano anterior), o construtor vai lançar o desportivo 718 exclusivamente movido a baterias, em meados da década.

No seu caminho rumo à eletrificação, a Porsche vai adotar outras medidas que não apenas o lançamento de novos modelos. A marca está a investir em estações de carregamento – em conjunto com parceiros ou na sua própria rede – e na produção de módulos e sistemas de bateria.

Projeção da fábrica do Cellforce Group

O recém-criado Cellforce Group, uma joint-venture entre a Porsche e Customcells, está a desenvolver células de bateria de alta performance, que deverão estar prontas para produção em série em 2024.

Quanto aos resultados de 2021, ano em que quase 40% do total de veículos Porsche vendidos na Europa eram híbridos plug-in ou elétricos, a marca ultrapassou pela primeira vez na sua história a barreira dos 300 mil veículos entregues. A nível global, a marca alemã entregou 301.915 automóveis, com os modelos Macan e Cayenne a ocuparem a primeira e segunda posições na tabela de vendas, respetivamente.

Porsche Macan e Porsche Taycan

A nível financeiro, 2021 foi um ano recorde para a Porsche, quer em receitas de vendas, quer em lucros operacionais. Face ao ano transato, as vendas cresceram 15% para os 33,1 mil milhões de euros, enquanto que o lucro operacional cresceu ainda mais – 27% - para um valor de 5,3 mil milhões de euros.

Conscientes das dificuldades que o setor automóvel atravessa e da instabilidade política e económica que afeta, em particular, o continente europeu, os responsáveis da Porsche estão, ainda assim, confiantes no continuado sucesso da marca.

Continuar a ler
Home
Top Gun: Maverick traz Tom Cruise em nova ação
Garrafas de plástico reciclado vão ser utilizadas na construção de pneus
A diferença que pode fazer uma tampa na garrafa. Vê aqui o projeto da Coca-Cola