Mobilidade

Marca que criou o icónico Mini Cooper apresenta quatro bicicletas elétricas

Cooper Car Company criou divisão dedicada a bicicletas e lança este ano quatro modelos citadinhos com assistência elétrica

Todos conhecemos os Mini Cooper, veículos com um design muito próprio que facilmente associamos a Inglaterra. Apesar de, hoje em dia, a Mini fazer parte do grupo BMW, a verdade é que por trás do icónico automóvel está a britânica Cooper Car Company, uma empresa com 70 anos de história que se virou para a mobilidade suave com a criação de uma divisão dedicada a bicicletas, a Cooper Bikes Company.

Fundada em 2009, a Cooper Bikes Company nasceu com o objetivo de desenhar bicicletas para o ambiente urbano. Em 2017, a empresa deu mais um passo e, através de uma parceria com a TchniBike começou a desenvolver bicicletas com assistência elétrica.

Cooper CG-7E Classic Gents

Foi já este ano que a empresa apresentou os modelos que anuncia como sendo parte da segunda geração de e-bikes. Ao todo são quatro bicicletas elétricas, a CL-7E Classic Ladies, CG-7E Classic Gents, a CR-7E Randonner e a CS-IE Singlespeed que partilham o mesmo motor, bateria e sistema de recuperação de energia.

Independentemente do modelo, as quatros e-bikes da Cooper Bikes primam pelo design tradicional, com o motor na roda traseira, quase impercetível. Assim, e por estar bem longe das linhas futurísticas de muitos dos novos modelos de e-bikes, as propostas da empresa britânica não são muito distintas das bicicletas comuns.

Cooper CL-7E Classic Ladies

Transversal aos quatro modelos é o sistema compacto Zehus Gen 2 composto pelo motor, bateria, conectividade Bluetooth, sensores e gestão de bateria. O sistema pode ser acedido através da aplicação Bitride-Connect que disponibiliza informação de condução assim como as configurações do modo escolhido para pedalar.

Em relação às especificações, o motor de 250 watts auxilia até aos 25 km/h. A bateria integrada no motor tem 173 Wh.

Cooper CR-7E Randonneur

Presente também nestas bicicletas está o sistema KERS, muito usado na Fórmula 1 e que permite a recuperação de energia durante travagens ou descidas. Desta forma, qualquer um dos quatro modelos tem autonomia para até 60 km.

O que diferencia os três modelos de e-bike

Já vimos que em termos de especificações técnicas, os quatro modelos são na verdade muito semelhantes. É, por isso, no design que mais diferenças se encontram.

Os modelos CG-7E Classic Gents e CL-7E Classic Ladies são muito semelhantes entre si. A maior diferença é mesmo o quadro da bicicleta. Ambas custam 2499 euros.

Cooper CS-IE Singlespeed

A CS-IE Singlespeed é uma bicicleta sem carreto de velocidades, sendo o modelo mais simples. É também a e-bike mais barata da Cooper Bikes, tendo o preço de 2399 euros.

A bicicleta mais completa é a Cooper CR-7E Randonneur, pensada para todo o tipo de viagens, das mais curtas às mais longas, dentro ou fora da cidade. O guiador tem também uma maior curvatura para garantir maior conforto. Este modelo vai estar disponível por 2799 euros.

Os quatro modelos ainda não estão disponíveis para venda, mas no site já há o aviso de que, brevemente, será possível encomendar uma destas e-bikes da Cooper Bikes.

Continuar a ler
Home
Descobre o que pensam os CEOs sobre a sustentabilidade nas empresas
Novos radares em Lisboa dia 01 de junho. Sabe aqui onde estão
Cuidado com o calor. Vêm aí máximas de 35 graus!