Mobilidade

O novo ID da Volkswagen chama-se Life e chegará em 2025

Ainda é um concept, mas o ID.Life já nos deixa ter uma ideia de como será o modelo base da nova família de elétricos da Volkswagen.
PUB

Foi uma das grandes novidades reveladas no último salão de mobilidade que se realizou em Munique no início do mês. Ainda é um concept, mas segundo as informações da marca, o ID.Life representa a futura versão de entrada da nova família de modelos elétricos da Volkswagen que deverá chegar ao mercado em 2025 com um preço em torno dos 20 mil euros.

Tal como alguns dos concept que vamos conhecendo nos últimos tempos, o ID.Life traz com ele diversas soluções mais focadas nas pessoas e em tudo o que o rodeia e está preparado para uma utilização bastante flexível que nem sempre tem a missão de nos transportar entre o ponto A e o ponto B. No ID.Life, o habitáculo pode ser transformado numa pequena sala de cinema, ou num lounge de jogos, mas também pode ser transformado para apreciar da melhor forma um momento de relaxamento ao ar livre.

PUB

Tudo isto vem no seguimento da ideia de alcançar um público mais jovem, que nem sempre tem o automóvel como a melhor solução para a mobilidade urbana. É por isso que o novo ID.Life acrescenta diversas soluções e detalhes pensando num estilo de vida mais dinâmico e com uma forte componente de expressão pessoal.

PUB
PUB

Além disso, o facto de a marca estar a prever um preço em torno dos 20 mil euros, também demonstra que outro dos seus objetivos é fornecer a possibilidade de entrada neste novo mundo de mobilidade eletrificada a um leque de clientes muito mais abrangente.

O visual de dois tons do ID.Life conta com diversos detalhes, mas dispensa a presença de todo e qualquer elemento decorativo extra e componentes adicionais e desnecessários. A divisão entre as portas e as janelas é bastante evidente, sendo que a zona superior foi produzida com materiais semelhantes aos usados nas camaras de ar, utilizando o plástico reciclado das garrafas PET, o que também contribui para a redução de peso de todo o conjunto.

A presença dos materiais reciclados é algo que caracteriza bastante o novo ID.Life. A pintura utiliza aparas de madeira para uma coloração natural e que também serve como um endurecedor de base biológica.

No habitáculo, um dos elementos que faz parte do equipamento de série deste ID.Life é uma consola de jogos e um projetor de vídeo com um ecrã especifico, sendo assim possível transformar este espaço numa das divisões que até gostaríamos de ter em casa. Até porque os assentos oferecem diversas configurações e até se podem transformar numa cama com dois metros de comprimento. E se tiver um outro equipamento que queira ligar, basta usar a tomada de 230 Volt existente a bordo.

PUB

O concept ID.Life utiliza a plataforma MEB destinada à família de modelos elétricos, mas é o primeiro modelo a contar com um sistema de tração nas rodas dianteiras.

Quanto ao motor, é um elétrico, claro, com 234 cavalos de potência e que consegue fazer acelerar este modelo dos 0 aos 100 km/h em menos de sete segundos. A bateria tem uma capacidade de 57 kWh, o que deixa o ID.Life com uma autonomia a rondar os 400 quilómetros.

Continuar a ler
Home
Fantástico
Vídeo: Back to the future com Porsche Taycan e DeLorean
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2