Mobilidade

Bosch lidera novo consórcio de abastecimento de semicondutores

A Bosch é uma das empresas europeias que faz parte de um novo consórcio de abastecimento de semicondutores de carboneto de silício
Bosch com projeto de abastecimento de semicondutores
Bosch com projeto de abastecimento de semicondutores
PUB

Segundo a opinião de diversos especialistas, os semicondutores de carboneto de silício (SiC) e os componentes eletrónicos de que fazem parte, vão conseguir uma melhor gestão da energia que têm à sua disposição. Por essa mesma razão, é fácil de prever que este material vai ter um aumento de procura considerável, no qual já se preveem valores de crescimento em torno dos 30 por cento em cada ano até 2025. E assim, é urgente começar desde já a desenvolver estratégias nesse sentido.

PUB
Vê também projeto Bosch de mapeamento de dados

É aqui que entra o projeto “Transform”, formado por um novo consórcio liderado pela Bosch, com um total de 34 empresas, universidades e institutos de pesquisa de sete países europeus como a Áustria, República Checa, França, Alemanha, Itália, Espanha e Suécia. Entre as empresas que integram este novo consórcio estão nomes como a Aixtron, Danfoss, EV Group, Premo, Saint-Gobain, Semikron, Soitec, STMicroelectronics e Valeo-Siemens Automotive. Do lado das instituições participantes com um caráter mais científico estão a Universidade de Tecnologia de Brno, CEA Leti, Fraunhofer IISB e a Universidade de Sevilha.

PUB
PUB
Bosch procura engenheiros para área da mobilidade
PUB

O objetivo deste projeto, que tem financiamento público e um custo acima dos 89 milhões de euros, é estabelecer uma cadeia de fornecimento europeia para esta nova tecnologia, que vai desde wafers e outros materiais básicos, até dispositivos semicondutores de energia SiC e aplicações eletrónicas de potência.

PUB

Segundo Jens Fabrowsky, vice-presidente executivo na divisão de Eletrónica Automotiva da Bosch, “O objetivo do projeto Transform é garantir um papel de liderança para a Europa em novas tecnologias baseadas em carboneto de silício”. A sua execução está prevista para o ano 2024, com o foco principal em cinco casos específicos de utilização em sectores como o do automóvel, o industrial, o da energia renovável e o agrícola.

Continuar a ler
Home
Cidades
Novas cidades no mundo fazem disparar investimentos
Mobilidade
Veículo elétrico: Stress ou anti-stress?
Evasão
Sugestão de viagem: os 10 castelos mais visitados