Mobilidade

Dia Mundial do Cão: como podes viajar nos transportes públicos com animais

Se já quiseste levar o teu quatro patas contigo num transporte, mas ficaste na dúvida se podias ou não, então este artigo é para ti
Texto
Cães em transportes públicos (Foto: O. Kurt/Unsplash)
Cães em transportes públicos (Foto: O. Kurt/Unsplash)

Hoje, 26 de agosto, celebra-se o Dia Mundial do Cão e, para marcar o dia, vamos ajudar-te a perceber se podes (ou não) viajar com o teu animal de estimação em transportes públicos. Isto porque se tens um cão, é normal que o queiras levar para todo o lado.

Antes de mais, de acordo com o Decreto-Lei n.º 58/2008, é permitido transportar animais de companhia gratuitamente desde que não sejam perigosos e estejam num contentor próprio que possa ser transportado como volume de mão.

Também é possível levar o animal fora da transportadora desde que esteja açaimado e com trela curta e que venha acompanhado pelo boletim de vacinas atualizado e a licença municipal. Neste caso, é necessário ter título de transporte próprio.

Ainda assim, cada empresa pode criar as suas próprias regras para o transporte do animal.

Descobre como podes levar o teu cão em autocarros, metros e comboios.

Cães em autocarros

Quer viajes pela Carris, em Lisboa, pela STCP, no Porto, ou pela SMTUC, em Coimbra, as regras são sempre as mesmas: apenas é permitido levar o teu animal de estimação caso este não represente um perigo para os demais utilizadores e venha numa transportadora limpa e em bom estado de conservação. O animal não poderá ocupar um lugar.

Em viagens de longo curso pela Rede Expressos, a regra é a mesma – apenas é permitido transportar animais em transportadoras e desde que o volume tenha um tamanho adequado para ir no local apropriado. A grande diferença é que é obrigatório comprar o bilhete animal.

Não é possível levar animais em viagens internacionais.

Cães dentro do metro

No Metro do Porto, apenas podes levar o teu animal de estimação caso este seja de pequeno porte e vá dentro de uma transportadora. Já no Metro de Lisboa, podes levar o teu cão tanto numa transportadora adequada, como fora dela, desde que açaimado, com trela curta e com o boletim de vacinas e a licença municipal.

Cães nos comboios

Quando o animal vai devidamente acondicionado numa transportadora que possa ser levada como volume de mão, o seu transporte é gratuito em qualquer comboio da CP.

Caso queiras levar o teu animal sem ser numa caixa transportadora, também o podes fazer. Nesse caso, tem de ir devidamente açaimado, com trela curta e acompanhado do boletim de vacinas e licença.

Se não levares o teu animal numa transportadora e se viajares nos comboios urbanos de Lisboa, Porto e Coimbra, o transporte é gratuito. Se fores de Alfa Pendular ou Intercidades, pagas o bilhete inteiro, e se fores de Regional ou InterRegional, pagas meio bilhete. Para adquirires o título de viagem, tens de fazê-lo obrigatoriamente na bilheteira mediante apresentação do boletim e vacinas com o código do chip ou do Documento de Identificação de Animal de Companhia (DIAC).

Outras questões a ter em conta

Independentemente do tipo de transporte público, é proibido levares animais de raça potencialmente perigosa. De acordo com o Decreto-Lei n.º 312/2003, as raças potencialmente perigosas são cão de fila brasileiro, dogue argentino, pit bull terrier, rottweiler, staffordshire terrier americano, staffordshire bull terrier e tosa inu.

É também importante salientar que os animais só podem andar de transportes públicos caso estejam de boa saúde. Normalmente, apenas é permitido o transporte de um animal por pessoa.

Cães de auxílio, que incluem cães-guia, cães para surdos e cães de serviço, para pessoas com deficiência – que pode ser mental, orgânica ou motora – podem ser levados nos transportes públicos, independentemente de já estarem treinados ou em fase de treinamento. Neste caso, não precisam de ir açaimados.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023