Mobilidade

Carregar a bateria da bicicleta apenas com o descanso? Já não é ficção

Produto inovador que simplifica o carregamento e se adapta a qualquer bicicleta elétrica vem dos Países Baixos
Texto

Muitas são as inovações de micromobilidade que têm surgido ultimamente. Com frequência falamos aqui de novos skates, trotinetes e bicicletas, cada vez mais sofisticados. Desta vez vamos falar-te de um descanso para bicicletas elétricas que facilita (e muito) o carregamento.

Tiler é a empresa neerlandesa por detrás deste inovador produto. Foi criada há apenas três anos por Christiaan van Nispen, que a dado momento deu conta de que carregar um veículo elétrico com um cabo não fazia sentido para si: "é como usar uma cabine telefónica para fazer uma chamada”.

Mais vocacionado para soluções de mobilidade de curta distância, Christiaan formou então uma equipa para desenvolver um descanso para bicicleta elétrica que, para além da sua utilização óbvia, tem a função de carregar a respetiva bateria.

Tecnologia de carregamento por indução - AWAY
Tecnologia de carregamento por indução

Juntamente com o descanso, a equipa da Tiler desenvolveu o sistema fixo no pavimento que torna a operação de carregamento possível. Trata-se de um “tile” (em português ladrilho ou azulejo) – daí o nome da empresa – colocado num qualquer pavimento e ligado à rede elétrica convencional.

Para carregar a bateria de qualquer bicicleta elétrica – a Tiler assegura que o descanso é universal e por isso adaptável a diferentes marcas e modelos – basta, portanto, encostar o descanso ao ladrilho e o sistema de carregamento por indução faz o resto.

Possível de ser instalado em qualquer pavimento ou colocado numa plataforma autónoma (quando, por alguma razão não é possível abrir um buraco para o colocar) o ladrilho da Tiler carrega até 200 W, à mesma velocidade com que se carrega uma bateria através de cabo.

Tecnologia de carregamento por indução - AWAY
Tecnologia de carregamento por indução

Especialmente desenvolvido para redes de partilha e/ ou aluguer de bicicletas, o sistema da Tiler estará ligado em nuvem, o que significa que as bases de carregamento poderão ser acedidas remotamente para a correção de qualquer problema.

Da mesma forma poderão programar-se horários de carregamento em função dos períodos de utilização das bicicletas. Carregamento rápido durante as horas de mais uso e carregamento lento (mais amigo da bateria) durante a noite, por exemplo.

A Tiler espera ter as funcionalidades de assistência remota e de gestão de carregamento prontas a instalar no terceiro trimestre do próximo ano.

Atualmente a empresa encontra-se a testar o produto por forma a incorporar os comentários dos utilizadores no seu desenvolvimento. Só depois irá dar início à produção em série.

No futuro espera integrar a tecnologia em outros veículos elétricos, tais como trotinetes, bicicletas de carga e pequenas scooters.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 coisas que Lisboa quer fazer para se tornar mais sustentável
Produção de hidrogénio verde em Marrocos poderá ter preço imbatível
Halfbike, o triciclo que torna a mobilidade mais divertida