Mobilidade

Bicicletas e trotinetes ganham vantagem na mobilidade em Portugal

Estudo internacional confirma, no entanto, que o automóvel continua a ser o mais usado até nas deslocações urbanas
Texto
Trotinetes (Foto: AWAY/ DR)
Trotinetes (Foto: AWAY/ DR)

O automóvel continua a ser o meio de transporte preferido dos portugueses, mas a mobilidade suave, nomeadamente com recurso a bicicletas e trotinetes, está a ganhar terreno. A conclusão é de um estudo a nível mundial levado a cabo pela entidade especialista em crédito ao consumo BNP Paribas Personal Finance.

Segundo o Observador Cetelem Automóvel 2023, 58% dos condutores portugueses usam o automóvel exclusivamente em áreas urbanas, o que faz do nosso país o com mais utilizadores de automóveis nas cidades a nível europeu. Apenas 8% circulam de automóvel exclusivamente em áreas rurais.

De acordo com o estudo, os condutores portugueses percorrem uma média de 13.250 quilómetros por ano de automóvel, valor que está em linha com a média dos 18 países estudados (13.600 km).

Mobilidade suave - AWAY
Mobilidade suave (Foto: AWAY/ DR)

Contudo, 38% dos inquiridos a nível nacional admitem ter diminuído a utilização do carro, em parte devido ao aumento de custos, o que cria a oportunidade para se deslocarem através de formas de mobilidade alternativas, em especial no interior das cidades.

Quase metade (48%) dos portugueses que responderam ao estudo do BNP Paribas Personal Finance disseram que complementam as suas viagens diárias de automóvel com outros modos de mobilidade, como a bicicleta ou a trotinete, mas também com transportes públicos.

O aumento da adesão à mobilidade suave pode também explicar-se pela crescente aposta em ciclovias, a maior preocupação dos cidadãos para com a sustentabilidade, e a implementação de incentivos à compra de bicicletas, conclui o estudo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano
Preço dos combustíveis na próxima semana de 15 a 21 de abril
Robotáxi elétrico da Hyundai passou no exame de condução… mesmo sem condutor