Mobilidade

Revolucionária bateria de alta densidade permite até 1.000 kms de autonomia

Uma nova bateria pode chegar ao mercado em 2023 e permitir carregamentos mais rápidos a maior autonomia nos VE

O maior produtor mundial de baterias de veículos elétricos (VE), a empresa chinesa CATL, acaba de anunciar a terceira geração da tecnologia CTP (cell-to-pack) que, assegura o fabricante, vai revolucionar a autonomia dos carros elétricos.

A Qilin, assim designada em homenagem a uma criatura lendária da mitologia chinesa, recorre a uma tecnologia que aumenta a densidade da energia das células de bateria até 255 Wh/Kg e assegura uma eficiência recorde de utilização de volume de 72%.

Esta bateria terá o mais alto nível de integração do mundo e será capaz de proporcionar uma autonomia de até 1.000 quilómetros.

Em comunicado a Contemporany Amperex Technology Limited (CATL) acrescenta ainda que o tempo de carregamento da Qilin será inferior a 10 minutos (para carregamento de 10 a 80 por cento da capacidade) e terá ainda um sistema de “hot start” de apenas 5 minutos.

A empresa chinesa assegura que aplicada no Tesla Model Y (talvez em 2023) esta nova bateria será capaz de melhorar a autonomia e eficiência em 13%.

Continuar a ler
Home
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
Porsche bate Tesla e estabelece novo recorde elétrico em Nürburgring
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas