Mobilidade

Nível 3 de condução autónoma chegará aos modelos da Stellantis em 2024

Grupo Stellantis anunciou também que já fez parceria para começar a desenvolver nível 4 e 5 de condução autónoma
Texto
Stellantis faz parceria com Vulcan Energy Resources e garante lítio mais limpo
Stellantis faz parceria com Vulcan Energy Resources e garante lítio mais limpo

Além do incrível crescimento que continuamos a assistir no mundo da eletrificação, há uma outra tecnologia que também se prepara para fazer parte de um crescente número de automóveis muito em breve: a da condução autónoma.

Atualmente, já existem diversas funções que caminham nesse sentido, tais como o assistente de faixa ou o cruise control adaptativo, mas o próximo patamar na condução autónoma para o Grupo Stellantis é o de nível 3 que, segundo foi revelado numa apresentação recente, vai começar a chegar ao mercado em 2024.

Segundo Joachim Langenwalter, o Head of Artificial Intelligence, Software and Hardware do Grupo Stellantis, “a primeira solução de nível 3 chegará ao mercado em 2024, antes de passar para os restantes modelos das marcas do grupo nos anos seguintes”.

O anúncio foi feito numa apresentação de estratégia recente do grupo, mas não foi referida a marca por onde estavam a pensar começar.

Explicamos aqui os vários níveis de condução autónoma

O desenvolvimento tecnológico deste sistema resulta de uma parceria da Fiat Chrysler Automobiles com a Mobileye, a Intel e a BMW, anunciada em 2017, muito antes do Grupo FCA se ter juntado com o Grupo PSA com o objetivo de formar a Stellantis.

Até ao ano 2024, serão criadas três novas plataformas de software designadas STLA Brain, STLA SmartCockpit e STLA AutoDrive, sendo que a primeira será a que vai permitir a atualização dos sistemas de nível 2 em modelos que sejam compatíveis com atualizações over-the-air.

Apesar de tudo isto, os níveis 4 e 5 que se seguem também já estão a ser considerados pelo Grupo Stellantis e para alcançar os patamares seguintes de condução autónoma, será estabelecida uma nova parceria com a unidade Waymo da Alphabet. Este sistema está já em funcionamento na cidade de Phoenix, no Arizona, onde alguns monovolumes da Chrysler já conseguem transportar passageiros de uma forma totalmente autónoma, sem condutor.

(Fotos: Stellantis e D.R.)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais comprar pão? 6 dicas para aproveitares até à última migalha
Quanto tempo demora o Citroën ë-C4 X a percorrer 1000 quilómetros?
Radares da PSP. Vê onde vão estar na semana de 19 a 25 de fevereiro