Mobilidade

Ayrton Senna homenageado em veículo aéreo elétrico eVTOL da Embraer

Construtor brasileiro de aeronáutica Embraer e marca Senna desenvolvem novo modelo de super mega drone elétrico
Eve-Senna um veículo aéreo elétrico eVTOL da Embraer
Eve-Senna um veículo aéreo elétrico eVTOL da Embraer

A Eve Air Mobility, filial da Embraer e a marca oficial Senna, que detém o exclusivo do nome do mítico piloto brasileiro, anunciaram uma parceria para o desenvolvimento do primeiro eVTOL conjunto (veículo elétrico de aterragem e descolagem vertical).

O Eve-Senna, de acordo com o comunicado da marca, pretende marcar o arranque da UAM, um ecossistema de mobilidade aérea urbana desenvolvido pelo fabricante aeronáutico brasileiro.

Eve-Senna em esboço da Embraer

Este novo modelo mistura o design de um drone, tipo helicóptero, futurista, com uma forma única e autêntica com ar desportivo. Todo o design, as cores, interior da aeronave e texturas prometem fortes emoções.

Ainda segundo a Embraer, o Eve-Senna tem como missão estimular a o futuro da mobilidade aérea de forma sustentável, pensando não só no meio ambiente como também nos benefícios para a sociedade.

Um mix entre helicóptero, drone e eVTOL

A parceria com a Senna reforça esse posicionamento e irá inspirar as novas gerações sobre o futuro da mobilidade e da acessibilidade.

Além da nova parceria com a Senna, a Eve atua em várias frentes para o desenvolvimento de eVTOL. Ainda recentemente a empresa anunciou a operação de uma frota que opera na zona do Rio de Janeiro. O objetivo é testar de forma mais concreta como poderia funcionar uma operação com veículos aéreos elétricos deste tipo.

Senna importalizado em toda a imagem do novo modelo

Em comunicado a EVE, da Embraer, refere que tem um pedido para fornecer 100 unidades do modelo "standard" para a empresa Avantto. As entregas estão programadas para começar em 2026.

Quando ao EVE-Senna não há ainda mais pormenores técnicos ou eventual data de comercialização.

Abaixo um vídeo do projeto base da Embraer

Continuar a ler
Home
Novos radares de Lisboa captaram veículo a 240 km/h dentro da cidade
Aparelho portátil solar limpa água do mar e converte-a em água potável
Preço do gasóleo desceu mais do que gasolina esta semana