Mobilidade

Estudo da Dacia revela que 78% dos condutores dispensa alguma tecnologia

Um estudo realizado pela Dacia, no Reino Unido, revela que mais de 78 por cento dos condutores dispensam tecnologia que não utilizam com frequência nos seus carros
Estudo Dacia sobre tecnologia
Estudo Dacia sobre tecnologia

A Dacia do Reino Unido efetuou um estudo com cerca de dois mil condutores, relacionado com o tipo de equipamento existente a bordo dos seus automóveis e a sua utilização.

As conclusões são bastante interessantes e começam por cerca de 78 por cento dos inquiridos a afirmar que dispensam a presença de tecnologia que não utilizam nos seus automóveis, uma vez que têm de pagar por algo que não utilizam.

A grande maioria dos condutores afirma que apenas desejam a presença de equipamentos que consideram essenciais para a sua rotina diária, em vez de equipamentos recentes e dispendiosos, que muitas vezes até são complicados de utilizar e só acabam por aumentar o preço de cada modelo.

Segundo os dados registados, foi verificado que a grande maioria dos inquiridos utiliza apenas 40 por cento dos equipamentos mais tecnológicos do seu carro e que os condutores com idades compreendidas entre os 25 e os 34 anos, são aqueles que utilizam o maior número de equipamentos do seu automóvel de uma forma regular.

Entre os equipamentos mais desejados pelos condutores deste inquérito estão os sensores de estacionamento, o sistema de navegação e o Rádio DAB, bem como o sistema Bluetooth ou a camara traseira de ajuda ao estacionamento. Por outro lado, os equipamentos apontados como os menos utilizados são o WiFi a bordo e o sistema de estacionamento automático.

Acreditamos em fornecer aos nossos clientes tudo o que é essencial e pelo melhor valor, uma vez que é isso que nos mantém fiéis ao nosso ADN. As características e a tecnologia dos nossos automóveis devem estar de acordo com as exigências dos nossos clientes, para que estes paguem apenas pelo que precisam." - Luke Broad, responsável Dacia Reino Unido e Irlanda

De acordo com este responsável, citado em comunicado da marca, na Dacia, procura-se um equilíbrio correto, oferecendo as características e tecnologia mais avançadas, que são essenciais para o conforto e prazer do condutor, mas mantendo sempre o melhor valor possível. "Este inquérito mostra que os nossos veículos estão perfeitamente alinhados com as expectativas dos nossos clientes, e continuamos a oferecer uma proposta única e bastante atual” - refere ainda Luke Broad

Ouvir o que os clientes desejam e atuar em função disso, com uma oferta em que o preço continua a ser o maior trunfo tem sido uma das principais características da Dacia desde que chegou ao mercado e é justamente por isso que este estudo também deu origem a um ajuste no equipamento de todos os modelos da gama, que passam a incluir, de série, os equipamentos mais desejados por todos os inquiridos.

Entre eles, estão os sensores de estacionamento, o sistema de rádio DAB e a conectividade através de Bluetooth, mas também a possibilidade de ligação a smartphones através do Apple CarPlay ou de Android Auto. Além destes, e consoante o modelo, é também incluído o novo sistema de informação e entretenimento, com um ecrã tátil de oito polegadas com sistema de navegação, outro dos equipamentos preferidos pelos condutores do Reino Unido.

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis com forte descida no gasóleo e mais ligeira na gasolina
Lisboa é considerada a cidade mais feliz do mundo
Radares: onde vão estar instalados os controlos de velocidade da PSP em julho