Mobilidade

Expansão do metro a Santos corta trânsito na zona da Av. 24 de julho

Nova linha circular no Metropolitano de Lisboa deverá entrar em funcionamento em 2024
Avenida 24 de julho, Santos
Avenida 24 de julho, Santos

O Metropolitano de Lisboa (ML) tem em curso o plano de expansão que irá prolongar as linhas Amarela e Verde (Rato/Cais do Sodré), criar a linha circular e proporcionar duas novas estações: Estrela e Santos. Nesse âmbito, estão em marcha várias obras que irão obrigar a cortes de trânsito em particular na zona entre a Av. 24 de julho e Av. D. Carlos I, em Lisboa.

Assim, a partir de 13 de julho, e durante um período previsto de 9 meses (até abril de 2023), a zona da Avenida 24 de julho irá sofrer vários constrangimentos de trânsito.

De acordo com a ML, no troço compreendido entre a Av. D. Carlos I e a Rua do Boqueirão do Duro existirão as seguintes alterações:

  • Os veículos que circulem na Avenida 24 de Julho em direção ao Cais do Sodré serão desviados para a Avenida D. Carlos I, Rua D. Luís I e Boqueirão do Duro, retomando a circulação na Avenida 24 de Julho, no mesmo sentido (Cais do Sodré).
  • Os veículos que circulem na Avenida 24 de Julho em direção a Alcântara serão desviados para a Rua do Instituto Industrial, Rua da Boavista e Avenida D. Carlos I, retomando a circulação na Avenida 24 de julho.

Estes cortes e desvios de trânsito vão condicionar lugares de estacionamento na zona e está prevista a criação de zonas de estacionamento exclusivas a residentes.

A circulação na ciclovia existente na Av. 24 de julho irá ter continuidade em percursos alternativos já sinalizados no local.

Segundo a ML, a linha Circular deverá ser inaugurada em 2024 e irá ligar a estação Rato ao Cais do Sodré numa extensão de mais 2 quilómetros de rede, criando um novo anel circular no centro de Lisboa, e interfaces que conjugam e integram vários modos de transporte.

(Fotos: Freguesia da Estrela/Unsplash)

Continuar a ler
Home
Alterações climáticas impactam nascimento das tartarugas
Preço dos combustíveis desce hoje: vê a nossa previsão
Descobre este veículo de transporte coletivo autónomo e a hidrogénio