Atualidade

Frio leva Metro de Lisboa a abrir estações para pessoas sem-abrigo

Descida das temperaturas durante a noite leva Metropolitano de Lisboa a abrir quatro estações durante madrugada
Texto
Oriente, Lisboa (foto: J. Lopes/Unsplash)
Oriente, Lisboa (foto: J. Lopes/Unsplash)

O Metropolitano de Lisboa anunciou que vai abrir quatro estações de metro durante a madrugada para que pessoas sem-abrigo possam proteger-se das temperaturas baixas que se vão fazer sentir nas próximas noites.

Em comunicado, a empresa que gere o metro de Lisboa anunciou que está a trabalhar com a Câmara de Lisboa e de Odivelas para preparar um conjunto de medidas para cumprimento do Plano de Contingência face às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Desta forma, desde a madrugada de dia 9 de janeiro e até à madrugada de 14 de janeiro, as estações de Santa Apolónia (linha azul), Oriente (linha vermelha), Odivelas (linha amarela) e Rossio (linha verde) vão estar abertas durante a noite para que pessoas sem-abrigo possam pernoitar, protegendo-se do frio.

Estação do Rossio - AWAY
Estação de metro do Rossio (foto: AWAY/DR)

A Câmara Municipal de Lisboa ativou o Plano de Contingência no dia 9 de janeiro. Entre as 18h e as 9h, pessoas em situação de sem-abrigo poderão ficar no Pavilhão Municipal Casal Vistoso, onde serão distribuídas refeições e bebidas quentes, roupa, banho e artigos de higiene pessoal, e será garantido um espaço para animais de estimação e atendimento social.

O Plano de Contingência em Lisboa é ativado quando a temperatura está abaixo dos 3ºc durante dois dias.

(Notícia atualizada às 13h22 de 10 de janeiro de 2024)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Dicas para enfrentar o frio sem gastar muito dinheiro
Um dos relógios mais sustentáveis é feito com materiais reciclados
E se pudesses comer a colher? Esta é em bolacha impressa em 3D