Mobilidade

Fuel Cell: camião a hidrogénio vai ser produzido em massa no Reino Unido

Veículo usa células de combustível como extensor de autonomia. Baterias elétricas são a principal fonte de energia
Camião a hidrogénio Tevva
Camião a hidrogénio Tevva

Um orgulho britânico ao nível do transporte de mercadorias com emissões zero. A Tevva está a lançar aquele que é o primeiro veículo pesado de mercadorias equipado com células de combustível de hidrogénio a ser fabricado, concebido e produzido em massa no Reino Unido.

A empresa especializada em veículos pesados elétricos justifica a escolha do hidrogénio pelo facto deste ter uma densidade de energia mais elevada do que as baterias de iões de lítio, ou mesmo do Diesel, o que o torna particularmente atrativo para utilização em veículos comerciais de maiores dimensões.

Mas não se pense que a proposta da Tevva é um pesado totalmente a hidrogénio. Na verdade, o veículo combina a utilização desta fonte de energia com as mais tradicionais baterias elétricas. O sistema de célula de combustível abastece a bateria, o que aumenta a autonomia do veículo, permitindo-lhe assim transportar cargas mais pesadas ao longo de distâncias mais longas.

E porque não usar apenas o hidrogénio? A empresa britânica salienta que utilizar células de combustível como um extensor de autonomia, em vez da fonte primária de energia, permite que aquelas sejam mais pequenas, mais baratas, mais leves e que possam ser usadas com a maior eficiência possível.

De acordo com a Tevva, o seu novo camião elétrico a hidrogénio de 7,5 toneladas está preparado para cumprir as exigentes habituais rotas de trabalho em cenário urbano e extra-urbano, já que oferece uma autonomia de até 500 quilómetros.

Quanto ao reabastecimento, um tema especialmente importante quando se trata de um veículo de uso profissional, a operação de repor o hidrogénio nos tanques onde é armazenado demora entre cinco a 20 minutos, tempos próximos do que um camião movido a Diesel precisa para reabastecer.

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis para a próxima semana com nova descida
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas