Mobilidade

Greves na Transtejo e na Soflusa afetam ligações fluviais até sexta-feira

Trabalhadores pedem melhorias salariais e medidas que combatam a degradação do serviço público
Barco Transtejo/Softlusa (Foto: G. Berges/Flickr)
Barco Transtejo/Softlusa (Foto: G. Berges/Flickr)

Os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa estão em greve por melhorias salariais durante esta semana, o que irá criar constrangimentos no transporte fluvial entre Lisboa e a margem sul. Ambas as empresas têm a mesma administração

De acordo com informações divulgadas pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), e citada pela Lusa, a partir de hoje, 18 de julho, os trabalhadores da Transtejo vão fazer greve durante três horas por turno até sexta-feira, 22 de julho.

As interrupções afetam as carreiras fluviais de Cacilhas, Almada, para o Cais do Sodré, Lisboa, e no sentido inverso, com especial incidência nas “horas de ponta” da manhã e da tarde.

A partir de terça-feira, 19 de julho, os trabalhadores da Soflusa iniciam um ciclo de quatro dias de greve, também até sexta-feira, com paralisação durante todo o período de trabalho.

Em comunicado, a Soflusa refere que vão registar-se interrupções na carreira fluvial do Barreiro para o Terreiro do Paço, assim como no sentido inverso. Durante o período de greve, os terminais estarão encerrados.

De acordo com a Fectrans, os trabalhadores exigem o aumento dos salários e medidas que combatam a degradação do serviço público, devido à falta de trabalhadores e ao envelhecimento da frota. Por falta de funcionários, há quem tenha de fazer várias horas extraordinárias, chegando a cumprir horários de 16 horas por dia.

Em relação à frota, adianta a estrutura sindical, a Transtejo já tem navios novos (do concurso de navios elétricos), mas por falta de baterias, os mesmos não estão em uso.

Em junho, os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa realizaram greves entre 11 e 13 de junho.

A Transtejo e a Soflusa têm a mesma administração e ambas asseguram as ligações fluviais entre a margem sul e Lisboa.

A Transtejo é responsável pela ligação do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, a Lisboa, enquanto a Soflusa faz a travessia entre o Barreiro, também no distrito de Setúbal, e o Terreiro do Paço, em Lisboa.

(Fotos: P. Valdivieso e Flickr)

Continuar a ler
Home
Alterações climáticas impactam nascimento das tartarugas
Preço dos combustíveis desce hoje: vê a nossa previsão
Descobre este veículo de transporte coletivo autónomo e a hidrogénio