Atualidade

Greve da função pública no último dia da greve nos comboios

Trabalhadores em luta todo o dia no final da jornada de greve dos maquinistas
Texto
Estação de Comboios do Pragal (Foto: AWAY/ DR)
Estação de Comboios do Pragal (Foto: AWAY/ DR)

A greve nacional dos funcionários públicos que decorre hoje dia 17 de março coincide com o último dia de greve dos maquinistas da CP que tem causado alguma perturbação na circulação de comboios durante a semana e teve o primeiro impacto com 100% de paralisação na recolha de lixo urbano.

A greve nacional dos funcionários públicos, que começou às 00:00 de hoje, começou à entrada do turno da noite para os trabalhadores das áreas da saúde e da recolha de resíduos sólidos urbanos (lixo doméstico) a serem os primeiros a entrar em greve. De acordo com a Frente Comum dos sindicatos, nos resíduos sólidos houve 100% de adesão na Área Metropolitana de Lisboa.

Se para a função pública será um dia de greve com ações de luta programadas também para este sábado, nomeadamente com uma manifestação em Lisboa, já para os trabalhadores dos comboios é o culminar de 8 dias de greve (cumpriam apenas 7h30 de trabalho diário).

Apesar de apenas terem sido decretados serviços mínimos para a passada sexta-feira dia 10 de março, a CP refere apenas “perturbações” para os restantes dias, como hoje. Poderás ver mais informações no site da CP.

A greve dos maquinistas da CP obrigou hoje, dia 17 de março, a suprimir 56 comboios dos 263 programados entre as 00:00 e as 08:00, tendo-se efetuado 207, segundo os dados enviados pela empresa à agência Lusa.

A greve nos comboios

Os trabalhadores iniciaram às 00:00 de dia 10 uma greve de 24 horas à prestação de todo e qualquer trabalho das categorias representadas pelo Sindicato dos Maquinistas (SMAQ), com efeitos às últimas horas do dia 09 e às primeiras horas do dia 11. Desde as 00:00 de dia 11 e até às 23:59 de hoje, a greve abrange a prestação de trabalho a todos os períodos normais de trabalho diários que tenham a duração prevista superior a sete horas e meia, para as categorias Maquinista ou Maquinista Técnico.

Também até final do dia de hoje, nas categorias de Maquinista e Maquinista Técnico, os trabalhadores fazem greve a todos os períodos normais de trabalho diário que impliquem entradas e/ou saídas na sede entre as 00:00 e as 06:00.

Igualmente até final do dia de hoje estão também em greve (desde as 00:00 de dia 14) os trabalhadores das categorias de Inspetor de Tração ou Inspetor Chefe de Tração, a todos os períodos normais de trabalho que tenham a duração prevista superior a seis horas.

 

 

 

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável
Estes painéis solares de cor terracota são discretos e quase desaparecem no telhado
Primavera sem andorinhas? Número destas aves está em declínio