Energia

Mais de 100 áreas de serviço na Península Ibérica vão gerar energia solar

Projeto da Galp de instalação de painéis solares em estações de serviço irá permitir poupanças anuais de 30 mil euros
Galp - energia solar
Galp - energia solar

Numa altura em que o mercado energético enfrenta uma grande crise provocada pela invasão da Ucrânia pela Rússia, a Galp decide reforçar a sua aposta na energia solar ao instalar painéis solares em mais de 100 áreas de serviço na Península Ibérica.

As centrais produtoras de energia solar fotovoltaica servirão para autoconsumo.

Inicialmente, os sistemas foram instalados em 12 áreas de serviço em Espanha. Os benefícios obtidos fizeram com que a Galp decidisse alargar o projeto a cerca de 50 estações em Portugal. Também em Espanha serão instalados painéis solares em novas estações, apesar de não ter sido divulgado em quantas.

De acordo com a Galp, estima-se que será possível poupar 30 mil euros por ano com o projeto solar. Ao longo dos 25 anos de vida útil dos painéis solares, será possível poupar mais de 750 mil euros.

A expansão do projeto a ocorrer ainda durante 2022 incluirá não apenas postos da Galp como também geridos por terceiros. Em Espanha, os painéis solares serão também instalados em estações de serviço geridas pela Galp ao abrigo de concessões.

Em comunicado, a empresa refere que é “o terceiro maior produtor de energia solar fotovoltaica da Península Ibérica”. A carteira total em energia solar da Galp é de 4,7 GW e inclui projetos em desenvolvimento em Espanha, Brasil e Portugal.

(Fotos: Galp)

Continuar a ler
Home
PIng-pong nos combustíveis. Gasolina sobe, gasóleo desce. A nossa previsão
7 conselhos para te protegeres do calor extremo
Há 41 novos radares à tua espera em Lisboa. Descobre onde