Atualidade

Foca bebé nasce em praia do Havai repleta de turistas

Foca-monge deu à luz uma cria numa das praias mais turísticas do Havai e vai ficar lá até 7 semanas
Texto

Quem visita o Havai, nos Estados Unidos, vai atrás das praias paradisíacas e dos dias quentes. Mas quem está por lá agora, mais concretamente na ilha de Oahu, vai ter a oportunidade de ver uma foca e a sua cria de apenas alguns dias.

Foi nas areias da praia de Kaimana, no bairro Waikiki, um dos mais populares do Havai, que a Kaiwi, uma foca-monge, uma espécie em vias de extinção, deu à luz. A área está agora vedada e os turistas que queiram apanhar banhos de sol têm apenas uma pequena língua de areia para o fazer.

Foca-monge com cria - AWAY
A foca-monge Kaiwi com a sua cria (foto: Audrey McAvoy/AP)

A foca-monge Kaiwi deverá ficar na praia com a sua cria por entre cinco e sete semanas, e as autoridades estão a pedir às pessoas para se puderem, procurarem outras praias durante este período.

Manter a pequena foca separada das pessoas vai também ajudar a que a cria aprenda a explorar o mar, a nadar e a ir à procura de comida, evitando que fique habituada aos seres humanos, algo que pode impactar a sua capacidade de viver em áreas selvagens.

Praia de Kaimana - AWAY
Focas-monge ficam separadas de turistas (foto: Audrey McAvoy/AP)

De há seis anos para cá, a praia de Kaimana passou a ser escolhido por algumas focas-monge para terem as suas crias. A convivência com os turistas tem sido foco de preocupação e, em 2022, uma pessoa que se aproximou demasiado da mãe e da cria chegou a ser atacada pela foca.

Para evitar que o mesmo aconteça este ano, as autoridades estão a tomar algumas medidas extra, como aumentar a área vedada a turistas e criar uma área de segurança no mar de 45 metros.

O Havai é o estado americano com mais espécies em perigo e, neste momento, tem menos de 1600 focas-monge nas suas ilhas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana de 22 a 28 de abril
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana