Sustentabilidade

Maior plantação de árvores nativas da AM Porto tem novo mecenas

O projeto Futuro já plantou 130 mil árvores autóctones na Área Metropolitana do Porto
Texto
Árvores do projeto Futuro (foto: divulgação)
Árvores do projeto Futuro (foto: divulgação)

O maior projeto de plantação de árvores nativas da Área Metropolitana do Porto (AM Porto) acaba de contar com o mecenato da empresa Casfil, para ajudar a financiar as ações previstas.

O projeto Futuro é coliderado pela Universidade Católica do Porto (UCP) e pela AM Porto, já plantou 130 mil árvores autóctones na Área Metropolitana do Porto e conta com mecenas como a Critical Techworks, Eurest, Fundação Ilídio Pinho, Garcia Garcia e agora a Casfil – Indústria de Plásticos SA.

Os mecenas deste projeto ajudam no financiamento que permite ações de restauro de ecossistemas que ajudem a transformar áreas de plantação em bosques nativos. O trabalho envolve tarefas de monitorização e restauro, de plantação e adensamento, de reposição e recuperação, de limpeza e controlo de invasoras.

árvores
As árvores e arbustos são provenientes do programa Futuro (foto: divulgação)

“Com o cumprimento destas ações, o objetivo é garantir que as ações de plantação se transformem em bosque nativo efetivo,” refere Eduardo Cardoso, docente e investigador da Escola Superior de Biotecnologia da UCP e coordenador do CRE.Porto.

Atualmente, estão a ser planeadas ações em parcelas adequadas para os objetivos do Mecenato Hectare em conjunto com municípios da região de inserção da CASFIL. No total este projeto é abrangido por 17 municípios, num total de 2000km2, sendo a AM Porto a segunda maior região do país em termos de população (16% da população portuguesa), onde mais de 90% do território florestal é ocupado com o cultivo industrial intensivo e apenas 6% do território florestal é coberto com espécies nativas.

árvores - away
Apenas 6% do território florestal da AM Porto é coberto com espécies nativas (foto: divulgação)

A colaboração das empresas como Mecenas Hectare (no âmbito do projeto Futuro) contribui para capacitar o CRE.Porto e os Munícipios da AM Porto de recursos específicos para amplificar as intervenções de Restauro Ecológico.

As árvores e arbustos (todos nativos) são provenientes do programa Floresta Comum e do Viveiro de Árvores e Arbustos Autóctones do Futuro.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Preço dos combustíveis na próxima semana de 11 a 17 de dezembro
Energias renováveis abasteceram 87% da eletricidade em novembro, em Portugal
Oceanos podem armazenar mais carbono do que se julgava