Fantástico

Vibradores para o Natal? Estes são feitos de plástico dos oceanos

Coleção composta por três vibradores diferentes é a primeira a ser criada a partir de tampas plásticas dos oceanos
Texto

Hoje em dia, até os orgasmos podem ser mais sustentáveis. Isto porque há já uma linha de brinquedos sexuais em que as matérias-primas virgens foram deixadas de lado e o material usado foi o plástico dos oceanos. Chama-se ohhcean e tem como lema “Do lixo plástico para as ondas de prazer”.

Esta linha especial da marca dinamarquesa Sinful é apresentada é composta por dois vibradores e um massajador varinha mágica que são feitos inteiramente a partir de plástico dos mares do continente asiático. Uma camada de silicone no exterior garante que são confortáveis e à prova de água.

Vibradores sustentáveis ohhcean - AWAY
Tampas de plástico são a base do material dos vibradores

Para tornar a coleção de vibradores uma realidade, a Sinful trabalhou com a #tide, uma empresa suíça que transforma plástico recolhido do oceano num material que pode ser usado para os mais variados fins. O plástico é recolhido por pescadores que depois o entregam à #tide.

O material usado nos brinquedos sexuais ohhcean é produzido a partir de tampas de plástico rijo. Depois de recolhidas, são limpas e trituradas, sendo depois processadas usando energias renováveis.

Toda a linha da Sinful tem o oceano como inspiração. Além do material mais sustentável, as cores escolhidas, todas tons de azul, lembram a água salgada.

Vibradores sustentáveis ohhcean - AWAY
Mathilde Mackowski, cofundadora da Sinful

De acordo com a Sinful, a ohhcean é a primeira linha de brinquedos sexuais no mundo feita a partir de plástico dos oceanos. A marca dinamarquesa promete que não será a última. No próprio site, Mathilde Mackowski, a cofundadora, garante que esta é apenas a primeira “onda”.

Os vibradores sustentáveis ohhcean estão à venda no site da marca e o preço varia entre os 39,95 euros e os 73,95 euros.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Europa bate recorde de produção de energia eólica e solar
Preço dos combustíveis com forte descida na próxima semana
Radares da PSP para o mês de fevereiro: onde vão estar em todo o país