Fantástico

Deslocações mais radicais com patins em linha elétricos inspirados em Anime

No CES Las Vegas 2023, os patins em linha com motor elétrico Atmos Gear atingem 25 km/h e têm autonomia para 20 km
Texto

A mobilidade suave está a crescer e cada vez apresenta mais novidades originais, divertidas e até radicais. As trotinetes elétricas já surgem em formato de hipertrotinetes, as bicicletas já monitorização a poluição no ar e até há espaço para patins com motor. É nesta categoria que se encaixam os Atmos Gear.

Este produto nasceu em França e, diz quem o criou, são os primeiros patins em linha pensados para as deslocações do dia a dia. São um sonho de adolescência que saltou do ecrã da televisão para as vias da atualidade.

Patins em linha elétricos - AWAY
Patins em linha elétricos Atmos Gear no CES Las Vegas 2023 (foto: John Locher/AP)

Mido, o criador, teve a ideia dos Atmos Gear há mais de 13 anos ao ver um Anime japonês (desenhos animados) em que as personagens andavam de patins em linha elétricos. A vontade de trazer este produto para a realidade levou-o a entrar no curso de engenharia e, em 2018, começou o projeto que foi crescendo. Hoje, marca presença num dos maiores eventos de tecnologia, o CES Las Vegas 2023.

Os Atmos Gear são então uns patins em linha elétricos, e a grande inovação é o chassis, a estrutura inferior onde estão as três rodas. É aqui que a magia acontece, mais concretamente na roda do meio onde está aquele que é o motor mais pequeno do mundo, de acordo com a empresa.

Este chassis é compatível com todas as botas de patins no mercado e, por isso, para quem já têm uns bons patins em casa, na hora de comprar, pode-se optar apenas pela estrutura motorizada.

O pequeno motor garante autonomia para rolar até 20 km e tem uma velocidade máxima de 25 km/h para cumprir os regulamentos europeus.

As rodas podem ser usadas sem se ativar o motor e, na verdade, enquanto se anda nos patins da forma tradicional – que é como quem diz sem assistência elétrica – vai-se recarregando a bateria, conseguindo-se até 15% extra de autonomia.

Neste momento, o único modo elétrico disponível implica a utilização de um comando que permite acelerar, abrandar e travar os patins. Para se desativar o motor e ganhar controlo dos patins, é só largar os botões.

No futuro, será feita uma atualização do sistema a partir do smartphone de forma a que seja possível controlar o sistema elétrico dos patins apenas com o movimento. O objetivo é que quando se dê o impulso, os próprios patins deem uma ajuda de forma a reduzir o esforço.

Patins em linha elétricos - AWAY
Motor fica na roda do meio (foto: John Locher/AP)

Os Atmos Gear estão neste momento em pré-venda e a sua produção irá arrancar quando forem feitas 200 reservas.

O chassis com o motor está disponível em três opções de cores – branco, preto e preto com amarelo – e o par para encaixar numas botas próprias custa 500 euros. Quem precisar dos patins completos, pode adquiri-los por 550 euros.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo